Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

INSS deixa aposentados preocupados sobre possíveis bloqueio no benefício

INSS gera preocupação entre aposentados com possível bloqueio de benefícios. Entenda o que pode causar essa situação e como se proteger.

O sistema previdenciário brasileiro está prestes a passar por uma ampla verificação de benefícios temporários, especialmente o auxílio por incapacidade temporária (antigo auxílio-doença). Iniciando em agosto, essa revisão foi anunciada na última sexta-feira pelo ministro da Previdência Social, Carlos Lupi.

Esta medida pode impactar diretamente cerca de 1,36 milhão de beneficiários, segundo dados de maio deste ano. Carlos Lupi enfatizou a necessidade do processo, que não ocorria desde 2019, para assegurar a correta aplicação dos fundos e combater fraudes.

O plano é convocar cerca de 800 mil pessoas para um novo exame para confirmar a necessidade do benefício, afetando, assim, a vida de milhões de brasileiros. A efetivação desse processo será gradativa para evitar longas esperas e tumultos nos postos de atendimento.

Como será feita a revisão dos benefícios?

Celular com logo do INSS e elementos como calculadora, notas de dinheiro e caneta em volta Justiça
Imagem: rafastockbr / shutterstock.com

Nem todos os beneficiários do auxílio por incapacidade temporária serão convocados para realização de exames presenciais. O INSS planeja utilizar o cruzamento de dados cadastrais como método inicial para determinar quem precisa continuar recebendo o benefício ou não.

Essa estratégia visa agilizar o processo evitando deslocamentos desnecessários e filas nos centros de atendimento.

Reação dos beneficiários

A revisão tem gerado sentimentos mistos entre os beneficiários. Por um lado, existe o receio de perder a fonte de sustento temporária, por outro, a revisão é uma promessa de justiça social, eliminando recebimentos indevidos.

Os convocados para perícia deverão apresentar toda a documentação médica que comprove sua incapacidade temporária, mantendo também seus dados sempre atualizados no sistema.

Como atualizar os dados no INSS pela internet?

Se atente ao passo a passo para atualizar seus dados no INSS:

  1. Acesse o Meu INSS: Utilize o site meu.inss.gov.br ou o aplicativo “Meu INSS” (Android e iOS);
  2. Faça o Login: Entre usando seu CPF e senha cadastrada. Caso não possua cadastro, será necessário criar um;
  3. Selecione “Atualizar Dados”: Escolha esta opção no menu principal;
  4. Preencha as Informações: Atualize seus dados pessoais como endereço, telefone e e-mail;
  5. Envie os Documentos: Se necessário, envie documentos que comprovem as informações atualizadas;
  6. Confirme as Alterações: Revise todas as informações antes de confirmar a atualização.

Entendendo a diferença entre aposentaria e BPC

A aposentadoria e o Benefício de Prestação Continuada (BPC) são duas formas distintas de suporte oferecidas pelo INSS, mas destinam-se a públicos diferentes.

Enquanto a aposentadoria é um direito dos trabalhadores que contribuíram durante um período determinado, o BPC é um auxílio destinado a idosos a partir de 65 anos e pessoas com deficiência de qualquer idade que demonstrarem baixa renda, sem necessidade de contribuição prévia.

Veja também:

FGTS bloqueado: governo toma decisão que pode beneficiar os trabalhadores

Este conjunto de informações e ações reflete a iniciativa do governo em garantir que a assistência previdenciária seja oferecida de forma justa e adequada, beneficiando apenas aqueles que verdadeiramente necessitam. É crucial que todos fiquem atentos às notificações do INSS e preparem-se adequadamente para possíveis revisões, assegurando assim seus direitos previdenciários.

Imagem: StockerThings / shutterstock.com