Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

INSS: vários bancos já oferecem novas condições para empréstimo consignado

Medida Provisória (MP) do governo federal visa aumentar o acesso ao crédito.

0

Novas condições para a realização de empréstimo consignado já estão disponíveis nos bancos desde o fim do mês retrasado. O Governo Federal assinou uma MP para buscar facilitar o acesso a esse tipo de crédito. Sendo assim, várias instituições financeiras já estão disponibilizando para os seus clientes as novas possibilidades de crédito consignado do INSS. 

É provável que você também goste: 

Open banking e a personalização da experiência bancária: quem sai ganhando com isso?

Jornalista revela que benefício pode ser prorrogado por “2 ou 3 meses”

Confira 4 apps de crédito para quem ainda não tem cartão

Bancos como Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal, Itaú e Santander já possibilitam aos aposentados e pensionistas a possibilidade de conseguirem empréstimo consignado com uma margem maior, além de uma carência de até 120 dias para começar o pagamento da primeira parcela. 

Os interessados podem solicitar o empréstimo consignado via internet, telefone, aplicativo ou até mesmo indo no caixa eletrônico. Porém, os especialistas em segurança indicam que os aposentados não façam a contratação por telefone, pois o risco de golpe é muito maior. 

O Governo Federal aumentou de 35% para 40% a margem consignável, sendo o valor máximo da sua renda que o aposentado pode comprometer com o crédito consignável. Cintia Senna, mestre de educação financeira, falou mais um pouco sobre o crédito: “É importante o aposentado ou pensionista que pensa em pegar o consignado avaliar se realmente precisa desse crédito e qual vai ser a finalidade do recurso”, disse. 

Assinatura da MP pelo Governo Federal

A mudança foi realizada pelo Governo Federal por meio da MP 1.006/20, no mês de março, sendo publicada como a lei 14.131/2021. No entanto, a validade da medida é apenas até dezembro de 2021. Após isso, os números voltarão a ser de 35%. A lei destaca que, dos 40%, 5% deles são destinados para o saque ou pagamento do cartão de crédito. 

Dessa forma, a partir de janeiro de 2022 os valores voltarão a sua normalidade. Entretanto, os contratos que foram assinados com a nova porcentagem da MP continuarão valendo do mesmo jeito. O governo informou que a medida serviu para possibilitar aos beneficiários do INSS um acesso maior a empréstimo consignado. 

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o FacebookTwitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: create jobs 51 / shutterstock.com

- Publicidade -

Comentários
Carregando...