IRPF 2021: você pode incluir sua sogra e pagar menos imposto de renda

Saiba quais são os dependentes que podem ser incluídos no IRPF 2021

0

É possível abater inserindo dependentes na declaração do Imposto de Renda deste ano. Cada dependente abate um valor de R$ 2.275,08. 

O contribuinte, também pode incluir despesas de saúde, previdência privada e educação feitas pelo dependente. As despesas são abatidas do montante do imposto em questão ou aumento do valor a ser restituído.

É provável que você também goste:

É possível usar o PIX para realizar pagamentos de contas como a de luz?

Novo Bolsa Família 2021: Veja a proposta completa do governo

CNH Gratuita recebe inscrições para 5 mil vagas a partir do dia 15 de fevereiro. Veja quem pode se inscrever

Dependentes que podem ser incluídos

Os dependentes mais conhecidos são marido, mulher e filhos. Entretanto, existe um dependente que pouca gente imagina que pode ajudar no abate dos impostos: as sogras. 

Ao incluir dependentes, no entanto, é necessário considerar as rendas recebidas por eles, como aluguel, aposentadoria e pensão alimentícia. Elas irão somar à renda do contribuinte e elevar a base de cálculo dos impostos. 

Não existe número máximo para adição de dependentes. Apesar disso, é bom tomar cuidado com os familiares a serem selecionados, já que nem todos podem ser considerados dependentes. Em caso de dúvidas, é recomendado consultar a Receita Federal. 

Quem pode ser dependente e sob quais exigências 

Confira a lista dos dependentes que podem ser incluídos no IRPF 2021:

  • Companheiro com quem o contribuinte tenha filhos; 
  • Cônjuge;
  • Filhos ou enteados de até 21 anos de idade;
  • Filhos ou enteados cursando universidades ou escola técnica de segundo grau, com idade até 24 anos;
  • Filhos ou enteados física ou mentalmente incapacitados a exercer trabalhos;
  • Irmãos, netos ou bisnetos sem apoio dos pais e judicialmente resguardados pelo contribuinte, com 21 anos ou de qualquer idade quando incapacitados física e mentalmente para trabalhar;
  • Irmãos, netos ou bisnetos sem auxílio dos pais que estejam cursando ensino superior ou escola técnica até os 21 anos, desde que resguardados legalmente pelo contribuinte;
  • Menor pobre de até 21 anos do qual o contribuinte detenha guarda legalmente e cuide, além de educar;
  • Pessoa absolutamente incapaz tutelada pelo contribuinte;
  • Pais, bisavós ou avós que tenham recebido rendimentos tributáveis ou não em 2019 no valor de até R$ 22.847,76;
  • Sogras e sogros, desde que tenham declaração em conjunto com o casal. Os pais de ambos os parceiros podem entrar na declaração, pois já são legalmente aceitos como dependentes dos filhos. 

Como incluir dependentes na delação

Para declarar um dependente na coluna do IR 2021, é necessário abrir a ficha entrar no site da Receita Federal e acessar a coluna “IR 2021”. 

Depois, deve-se clicar em “Dependentes” na coluna esquerda da tela. O usuário deve ir em “Novo”, depois “Tipo de Dependente” e informar data de nascimento, CPF e clicar “Ok”. 

Para cada dependente a ser incluído, deve-se repetir o procedimento. 

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então é só seguir o Seu Crédito Digital no YouTubeFacebookTwitterInstagram e Twitch. Assim você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos etc. Siga a gente para saber mais!

Imagem: rafapress/shutterstock.com

- Publicidade -

Comentários
Carregando...