Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Caixa vai oferecer microcrédito de R$ 1.000 no Caixa Tem

0

A última novidade da Caixa Econômica Federal é o anúncio de microcrédito a partir de R$ 1.000 no Caixa Tem para apoiar as empresas brasileiras. Ao todo, a Caixa vai liberar cerca de R$ 10 bilhões. A ideia é que o dinheiro sirva como apoio aos brasileiros após o fim do auxílio emergencial este mês. Além disso, quem está pensando em começar um pequeno negócio também pode ter direito ao empréstimo.

Como dissemos, o microcrédito da Caixa vai servir como suporte pós-auxílio, mas também é uma estratégia de crescimento da instituição nos próximos anos. Segundo informações da própria Caixa, o objetivo é que cerca de 10 milhões de empreendedores brasileiros se beneficiem com pequenos empréstimos de até R$ 1.000.

É provável que você também goste:

Temporada de Natal: clientes alt.bank vão ganhar 2% de cashback

Número de pedidos no Rappi cresce 40% na Black Friday

Será que o cartão Blubank é confiável?

Saiba mais sobre o microcrédito da Caixa

Além da liberação do microcrédito, a Caixa também abrirá seu capital na bolsa americana Nasdaq, criando também um banco digital (falamos sobre isso aqui). A ideia é que o banco digital se torne uma opção para os cidadãos brasileiros desbancarizados. Inclusive, o microcrédito que será ofertado pela Caixa também estará disponível no banco digital.

Dessa forma, o microcrédito destinado aos empreendedores ficará disponível após o auxílio emergencial. Como dissemos, o valor máximo disponível será de R$ 1 mil, e os pagamentos podem ocorrer entre 3 e 5 anos. Até agora, a Caixa não informou sobre a taxa de juros aplicada. Mas já avisou que será mais acessível que as demais ofertas hoje no mercado. Para mais informações, acesse o site do banco.

Microcrédito poderá ser acessado direto pelo Caixa Tem

Segundo a Caixa, cerca de 287 milhões de operações financeiras foram realizadas nos últimos meses com os recursos do auxílio emergencial no Caixa Tem. Porém, dessas, apenas 33 milhões foram de saques em espécie. Todo o resto diz respeito a pagamentos, compras e transferências digitais. 

“Antes do auxílio, essas pessoas não tinham conta em banco nenhum. Então, para que pudessem tomar crédito, iriam a um agiota, a uma financeira e acabavam pagando 20% ao mês. E já posso afirmar que nossa taxa de microcrédito não chegará a 10% disso”, afirmou o presidente da Caixa.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Imagem: Rido / Shutterstock.com

Comentários
Carregando...