Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Novo golpe promete liberar saque de R$ 1045 do FGTS

0

Com a crise econômica por conta da pandemia do novo coronavírus, muitos trabalhadores ficam desesperados para conseguir resgatar os benefícios sociais e também o FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). Com isso, os criminosos virtuais se aproveitam para dar golpes pelo WhatsApp, um dos aplicativos de mensagens mais populares do mundo. Agora, um novo golpe promete liberar saque de R$ 1045 do FGTS antecipadamente.

É provável que você também goste:

Governo autoriza linha de crédito para pequenas empresas com 85% garantido pela União.

iFood aumenta taxa de entrega e para distâncias mais curtas dobra o valor.

Teve o benefício aprovado agora? Confira o calendário do novo pagamento da primeira parcela do auxílio emergencial.

Golpe promete liberar saque de R$ 1045 do FGTS

Quem alertou para o novo golpe foi o PSafe, após receber um alerta de seu laboratório especializado em segurança digital. Mesmo que uma MP provisória já tenha liberado a antecipação dos saques do FGTS, os pagamentos só devem começar a ocorrer em junho. Entretanto, muitos trabalhadores que não possuem as informações corretas infelizmente acabam caindo neste novo golpe.

Como funciona o novo golpe?

O novo golpe induz o usuário a ir em uma página falsa, criada exclusivamente para a aplicação do delito. Desta forma, são solicitados dados pessoais da vítima e, em seguida, uma mensagem pede que um link seja compartilhado com os contatos do WhatsApp, para garantir que o valor de R$ 1.045 referente ao FGTS seja recebido.

Emilio Simoni, diretor do dfndr lab, da Psafe, explicou os prejuízos ao cair no novo golpe:

”Quando a vítima informa seus dados no link malicioso, fica vulnerável ao vazamento dessas informações pessoais, que podem ser usadas pelo cibercriminoso para realizar a assinatura de serviços online e até para abrir contas em bancos com os dados roubados. Outro problema é quando a vítima compartilha o link malicioso com seus contatos: ela torna-se um vetor de disseminação do golpe, o que garante aos cibercriminosos um crescimento acelerado dos ataques.”

Outros golpes com essa mesma dinâmica já estavam sendo aplicados anteriormente, só mudando o benefício. Como exemplo, temos o golpe que prometia o cadastro no programa pra receber o Auxílio Emergencial do Governo Federal, que fez diversas vítimas. A diferença deste novo golpe para o primeiro é que este ainda redireciona a vítima para uma página que solicita permissão para o envio de notificações, conforme alertou Simoni:

”E quando a vítima concede permissão para o envio das notificações, os criminosos podem utilizar dessa permissão para enviar propagandas, com as quais lucram, e até mesmo enviar novos golpes.”

Como evitar cair em golpes da internet

1- Sempre utilize apps antivírus em seu smartphone

Normalmente, a maioria dos golpes são espalhados pelo WhatsApp, ou seja, no smartphone. Sendo assim, procure sempre ter um bom antivírus instalado em seu dispositivo. Assim, você fica protegido contra sites que estão infestados por malwares.

2- Não forneça seus dados pessoais

Geralmente, uma das coisas que os golpes da internet tem em comum são os pedidos para que as vítimas forneçam seus dados pessoais. Faça isso somente depois de verificar se o site em questão é confiável e se é o site oficial da instituição.

3- Não entre em links recebidos pelo WhatsApp

Tenha muito cuidado quando receber links pelo WhatsApp ou em outras redes sociais. Antes de compartilhar suas informações, procure saber se são fontes oficiais e confiáveis.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Imagem: Shutterstock/igorstevanovic

Comentários
Carregando...