Está fazendo mais compras online nesses tempos de quarentena? Para facilitar a vida de quem se rendeu à praticidade do e-commerce e dos aplicativos, o cartão virtual do Nubank pode ser uma opção mais prática e segura.

A novidade agora é que, quem utiliza o Nubank somente para débito, está com pouco limite no cartão de crédito ou outro motivo, pode gerar um cartão virtual com a função débito. Pelo aplicativo da fintech, é possível gerar um código que pode ser copiado diretamente para qualquer loja virtual ou aplicativo que aceite essa forma de pagamento. O número do cartão virtual é diferente do físico e essa funcionalidade é opcional.

É provável que você também goste:

Bancos pretendem implementar home office permanentemente

Nubank explica como enviar e receber dinheiro pelo WhatsApp

Flamengo lança conta digital e será forte concorrente do Nubank

A nova função foi publicada no fórum NuCommunity, plataforma oficial da empresa, por um cliente. “Fiquei feliz ao ver essa novidade, pois eu tinha dado essa sugestão 2 dias atrás pelo chat”, publicou Eric Victor no dia 22 de junho. O cliente da fintech comemorou a nova funcionalidade por utilizar somente a função débito do seu cartão roxinho.

Por que utilizar o cartão de débito virtual?

O cartão físico do Nubank, assim como de outras instituições financeiras, pode ser utilizado sem problemas em e-commerces e aplicativos. Muitas pessoas podem se perguntar, então, por que criar um cartão virtual, seja de débito ou crédito.

A principal vantagem é que ele não utiliza as mesmas informações do cartão físico, ainda que eles compartilhem o mesmo limite e a mesma fatura. O código gerado é diferente, além do CVV (código de verificação).

Na prática, se o seu cartão físico for roubado ou perdido e você colocou suas compras de serviços online no cartão virtual, é um problema a menos, porque só o físico será cancelado. Da mesma forma, se o seu cartão virtual for exposto ou teve informações roubadas, você cancela somente ele, sem mudar nada no cartão físico.

Ou seja, utilizar o cartão virtual pode representar uma segurança maior. Além disso, há a questão da praticidade de copiar e colar as informações do app do Nubank, em vez de digitas todas as informações vendo no cartão físico. A função, ainda que opcional, pode ser uma ótima ferramenta para quem faz muitas compras online.

O cartão virtual pode ser apagado a qualquer momento pelo aplicativo, assim como bloqueado ou desbloqueado. Basta clicar na lixeira para deletar e no cadeado para bloquear ou desbloquear, sem precisar falar com um atendente para isso. Após a exclusão, é possível criar outro cartão a qualquer momento.

Cartão pré-pago é outra opção para quem não tem crédito

Se você não tem cartão de crédito, seja por estar com o nome negativado ou preferir fugir das dívidas, você tem, além da opção de utilizar um cartão virtual de débito, a possibilidade de gerar um boleto ou utilizar um cartão pré-pago.

No caso do boleto, a sua compra pode demorar mais para ser confirmada, devido aos prazos que as instituições têm para processar o pagamento, além de ser algo mais trabalhoso. O cartão pré-pago já é algo mais fácil, desde que você tenha inserido algum saldo no seu cartão anteriormente.

De acordo com a ABECS (Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços), o volume movimentado em 2018 com cartões pré-pagos foi de R$ 11 bilhões. Uma opção é o cartão do PagSeguro, que pode ser utilizado para gastar o dinheiro obtido com a maquininha ou saldo inserido por depósito ou boleto. O cartão tem a bandeira Mastercard e pode ser utilizado para compras internacionais.

Cuidados necessários ao fazer compras online

Como muitas pessoas utilizam cartões virtuais pela segurança, vale ficar atento a outras formas de se proteger ao comprar pela internet. Na hora de escolher o site ou aplicativo para comprar, dê preferência àqueles que colocam mais informações sobre os produtos e têm uma forma de contato, como um chat para atender os clientes.

Também é importante verificar, antes de fazer sua compra, se a loja virtual é confiável e se você pode obter informações a seu respeito facilmente. Procure no site ou aplicativo por CNPJ, telefone e endereço da empresa, por exemplo.

Lembre-se também que você tem direito a se arrepender da compra que fez virtualmente. Segundo o Código de Defesa do Consumidor (CDC), você pode devolver em até 7 dias o produto após a chegada, sem que ele precise ter algum defeito. O pagamento das despesas da devolução deve ficar a cargo da empresa.

E você, já utiliza seu cartão virtual do Nubank? Conte nos comentários o que você acha da funcionalidade!

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Imagem destacada: Divulgação / Nubank

Sobre o Autor

Gabriela Stähler Padilha

Redatora

Graduanda em Jornalismo pela UNISINOS. Trabalho há sete anos com comunicação e sou apaixonada por finanças pessoais e tecnologia.

Ver todos os artigos