Para qualquer empresa do mercado financeiro, a divulgação de um prejuízo semestral seria catastrófica. Entretanto, não necessariamente para o Nubank. Esta semana, o Nubank divulgou um prejuízo de R$ 139,5 milhões no primeiro semestre de 2019. Afinal, será que mesmo com esse prejuízo todo, o seu dinheiro está seguro na NuConta? Tire aqui as suas dúvidas.

É provável que você também goste:

Atendimento WOW: Nubank entrega mimos pessoalmente a uma cliente

Quando o banco vende uma dívida prescrita, pode ser cobrada novamente?

Ganhei cashback com o cartão PAN Méliuz! Será que vale a pena?

Nubank dobrou prejuízo para R$ 139,5 milhões, seu dinheiro está seguro na NuConta?

A empresa aumentou a sua base de clientes consideravelmente, adicionando, em média 50 mil novos usuários por dia. Atualmente, a empresa possui 12 milhões de clientes, considerando usuários da NuConta e do cartão de crédito.

Somente entre os meses de janeiro e junho de 2019, o Nubank obteve uma receita de R$ 1 bilhão. Ou seja, quase o dobro do mesmo período do ano passado (R$ 503 milhões).

Entretanto, o simples fato de não ter gerado lucro é uma opção do Nubank, pois a empresa não consome suas reservas para se manter, e está gerando caixa desde 2017.

“Crescer de forma sustentável e, portanto, não gerar lucro nesse momento, é uma escolha do Nubank”, afirma o diretor financeiro Gabriel Silva.

Seu dinheiro está seguro na NuConta?

Se você pensa em ser cliente ou já é cliente e deixa o seu dinheiro na NuConta, pode ter ficado preocupado porque o Nubank dobrou o prejuízo. Os clientes mais antigos já sabem, mas não custa explicarmos mais uma vez.

O Nubank oferece duas modalidades de investimento na NuConta. A tradicional, com a aplicação em títulos do governo, com rendimento de 100% do CDI, e o investimento em RDB – Recibo de Depósito Bancário, com o mesmo rendimento, opcional ao cliente do Nubank. Independentemente da sua escolha, saiba que o seu dinheiro está realmente seguro.

O investimento na NuConta em títulos públicos é aplicado em Tesouro Selic, separadamente dos recursos da empresa e não corre risco. Enquanto isso, o investimento em RDB da fintech possui garantia até R$ 250 mil por CPF pelo Fundo Garantidor de Créditos (FGC).

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao assunto de fintechs.