Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Após novo aporte, Nubank se torna a sétima startup mais valiosa do mundo

Empresa foi avaliada recentemente em US$ 30 bilhões.

0

Fundado por David Vélez, o Nubank já é uma das 10 startups mais valiosas do mundo, e também a principal de toda a América Latina. Afinal, mesmo com alguns problemas, o roxinho ainda é um dos bancos digitais mais citados em listas de melhores empresas, e também não sai da boca de seus clientes. Contudo, segundo um ranking recente criado pela consultoria CBS Insights, agora a empresa ocupa também a sétima posição na lista das startups mais valiosas do mundo, sendo avaliada em US$ 30 bilhões.

É provável que você também goste:

Nubank, Pan e PicPay lideram downloads de apps de instituições financeiras

Inter lança novo cartão de crédito Black sem anuidade e com 1,25% de cashback

Seja membro

Banco Inter, Nubank e C6 Bank podem cancelar seu cartão se você fizer ISSO

Após novo aporte, Nubank se torna a sétima startup mais valiosa do mundo

A notícia de que o Nubank passou a ocupar o posto de 7ª startup mais valiosa do mundo ocorre depois de um aporte de USS$ 1,15 bilhão recebido pela empresa. O investimento, inclusive, teve a participação de US$ 500 milhões do megainvestidor Warren Buffet. Agora, a fintech brasileira fica atrás de empresas como a ByteDance, dona do TikTok, e a SpaceX, empresa de Elon Musk. 

Mas, então, quais são as 10 empresas que integram a lista de mais valiosas do mundo? Bem, em primeiro lugar, está a empresa BityDance, avaliada em 140 bilhões de dólares. Logo atrás vem a Stripe, valendo US$ 95 bilhões, e a SpaceX, avaliada em US$ 74 bilhões. A décima posição ficou com a Rivian, avaliada em 27,6 bilhões de dólares. Veja a lista completa:

1- ByteDance (US$ 140 bilhões);

2- Stripe (US$ 95 bilhões);

3- SpaceX (US$ 74 bilhões);

4- Didi (US$ 62 bilhões);

5- Klarna (45,6 bilhões);

6- Instacart (US$ 39 bilhões);

7- Nubank (US$ 30 bilhões);

8- Epic Games (US$ 28,7 bilhões);

9- Databricks (US$ 28 bilhões);

10- Rivian (US$ 27,6 bilhões).

Os próximos passos do Nubank

Por fim, atualmente o Nubank acumula 40 milhões de clientes no Brasil, México e Colômbia. Desde sua fundação em 2013, a empresa, com sede em São Paulo, já levantou por volta de US$ 2 bilhões em rodadas de investimentos. Apesar disso, de acordo com Vélez, o fubdador, uma listagem do Nubank na bolsa de valores ainda não está nos planos da empresa no momento.

“O foco principal será continuar na liderança do mercado de bancos digitais do Brasil, que é cada vez mais competitivo. O aumento da digitalização, do uso do e-commerce, todas essas tendências continuam a acontecer de maneira independente do crescimento do PIB ou do ambiente político”, afirmou.

Além do aporte significativo, o Nubank concluiu recentemente os trâmites de compra da corretora Easynvest, que agora passa a se chamar Easynvest By Nubank.

Enfim, gostou da matéria?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o FacebookTwitterTwitchInstagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: foto divulgação Nubank

Comentários do Facebook

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.