Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

PagSeguro anuncia a compra da Wirecard Brazil e reforça atuação online

A credenciadora de cartões PagSeguro, pertencente ao grupo Uol, anunciou a compra da Wirecard Brazil. A Wirecard Brazil é subsidiária da empresa de pagamentos alemã envolvida em um escândalo de fraude contábil. O negócio ainda precisa de aprovação pelo Banco Central do Brasil e do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). O valor da transação não foi divulgado pelo PagSeguro.

É provável que você também goste:

Caixa Tem: como alterar a senha e trocar o número do celular?

Como funciona a prova de vida online do INSS em 2020?

Caixa Tem: agora você pode transferir GRÁTIS o BEm, o FGTS e o auxílio emergencial 24h por dia

PagSeguro anuncia a compra da Wirecard Brazil

A PagSeguro é uma empresa com R$ 6 bilhões em receitas, 5,5 milhões de clientes ativos e R$ 122 bilhões em volume total de pagamentos. Por outro lado, a Wirecard tem R$ 120 milhões em receitas, 200 mil clientes e R$ 5 bilhões em volume total de pagamentos. Hoje, ela atua no país como uma subcredenciadora, sendo que iniciou as atividades no país com a compra da Moip, no ano de 2016, por R$ 165 milhões.

A PagSeguro está focada há alguns anos em priorizar a captura de pagamentos no mundo físico, e com a aquisição, reforça a oferta para o comércio eletrônico. Ademais, passa a ter serviços considerados entre os melhores do mercado, como o “split de pagamentos”, que separa o valor de uma transação para mais de um recebedor. Em apresentação ao mercado, a PagSeguro aponta o potencial de R$ 128 bilhões no e-commerce brasileiro, caso o país alcance penetração semelhante à americana das compras pela internet nas compras totais.

Essa é a décima compra da companhia, desde 2009. Neste ano, a PagSeguro tinha adquirido a Zygo, uma plataforma de fidelidade.

O escândalo da Wirecard, embora seja localizado na Alemanha, acabou impactando na subsidiária brasileira, com o desgaste da imagem, levando lojistas a pedir a antecipação dos recebíveis de pagamentos com cartões feitos por meio da Wirecard. Esse movimento, pressionou a liquidez da companhia.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga em nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Assim continuará acompanhando artigos sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, empréstimos e tudo relacionado ao assunto de fintechs.

Imagem:Antonio Salaverry via shutterstock

Comentários
Carregando...