Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Quem consultou meu CPF? Serasa demonstra gratuitamente

Serasa mostra gratuitamente quem consultou o seu CPF

0

Por causa dos aumentos de golpes, fraudes e de outros diversos crimes virtuais; torna ainda mais importante ter todas as senhas mais seguras e ficar de olho em e-mails e mensagens duvidosas. Foi pensando nisso que o Serasa veio disponibilizar de forma gratuita um relatório das empresas que consultaram seu CPF/CNPJ nos últimos 24 meses. O pedido pode ser feito pelo site www.serasa.com.br.

É provável que você também goste:

Live: Serasa Score 2.0 está aumentando pontuação até de negativados?

Moedas digitais: Motivos para você confiar nas criptomoedas

Brasileiros criam criptomoeda beneficente e levantam R$ 584 mil

Logo após esta solicitação, o titular do documento deve fica de olho, pois o relatório ficará pronto em até 24h e permanece disponível para consultas por até seis meses. As informações disponibilizadas são o nome da empresa que realizou a busca, parte do CNPJ e quando a consulta foi feita. Além de outras informações, que juntas são valiosas, visto que elas podem ajudar os consumidores a saberem se, por acaso, alguma empresa com a qual não teve relação consultou seu documento.

Por que meu CPF/CNPJ foi consultado?

Seu CPF ou CNPJ pode ter sido consultado por diversos motivos, podendo ser, quando as empresas de concessão de crédito desejam saber a situação financeira do titular do documento; ou até quando os produtos serão vendidos de forma parcelada ou com pagamento em cheque; em alguns casos, até para renovar o seguro da casa ou do carro.

O que fazer caso não reconheça uma consulta?

Quando isso acontecer, pode indicar uma situação de risco. Por isso, é fundamental que você entre o mais rápido possível em contato com esta empresa que consultou seus dados, e informar para a mesma que ocorreu uma consulta sem o seu consentimento.

Segundo pesquisas realizadas em novembro de 2020, a Serasa analisou que mais de 39,3 milhões de brasileiros afirmaram que já podem ter sido vítimas de fraudes financeiras, e que 36% das pessoas analisadas já sofreram algum problema que não teve seu consentimento. Os afetados concluíram que a melhor solução foi ter entrado em contato com o intermediador.

Enfim, gostou da matéria?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o FacebookTwitterTwitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de créditoempréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

imagem: Brenda Rocha – Blossom / shutterstock.com

- Publicidade -

Comentários
Carregando...