Quem pode renegociar dívida de financiamento habitacional da Caixa?

- Publicidade -

Quem pode renegociar dívida de financiamento habitacional da Caixa? A Caixa lançou, na quarta-feira (5), uma campanha de renegociação para os mutuários da casa própria que estão com prestações atrasadas. Com isso, o banco pretende alcançar cerca de 600 mil famílias que já acumulam dívida de R$ 101 bilhões.

Leia também:

Itaú oferece renegociação de dívidas no SPC/Serasa em até 60 vezes com três meses de carência

Família que ganha até um salário mínimo terá custo zero na casa própria

Caixa reduz taxas no financiamento imobiliário e vai renegociar dívidas.

Quem pode renegociar dívida de financiamento habitacional da Caixa?

A campanha da Caixa pode beneficiar com até seis prestações em atraso. Entretanto, o banco não promete desconto no valor da prestação. O que estará estará na mesa de negociação é a possibilidade, por exemplo, de perdoar juros de mora.

No entanto, não existe um número mínimo de parcelas atrasadas para que se tenha acesso às facilidade da renegociação habitacional. Segundo a instituição financeira, no entanto, mesmo aquelas pessoas que ainda não entraram na inadimplência podem se mobilizar também.

— A Caixa está aberta também para a consultoria financeira. Se a pessoa está vendo que a situação caminha para atraso de uma ou mais parcelas, pode nos procurar. Junto com o cliente, vamos elencar possibilidades, ajustes, ver se tem como usar o FGTS (Fundo Garantia do Tempo de Serviço). Às vezes, um ajuste simples, como na data de vencimento, já faz grande diferença — afirma Marcos Tavaniello, superintendente regional da Caixa em Porto Alegre.

Condições podem variar de acordo com o cliente

A Caixa informou que as possibilidades de renegociação não são iguais para todos. Quando o mutuário apresentar a sua situação, será feita uma análise do caso.

Os clientes interessados podem ir diretamente às agências ou, ainda, receber atendimento pelo telefone 0800-726-8068 (opção 8), pelo site criado para essa esse fim, nas redes sociais oficiais da instituição no Facebook e Twitter, no App Caixa Habitação e Internet Banking Caixa.

Opções que podem ser dadas aos clientes que querem renegociar dívida de financiamento habitacional da Caixa

  • Pagar à vista um valor de entrada e incorporar as parcelas atrasadas nas próximas prestações a vencer até o fim do prazo contratual.
  • Utilizar o saldo da conta vinculada do FGTS para reduzir o valor da prestação, conforme regras do Fundo.
  • Alterar a data de vencimento da prestação.
  • O cliente que não se enquadrar nos critérios anteriores pode procurar uma agência da Caixa para verificar a possibilidade de acordo.

Enfim, gostou da notícia?

Então nos siga em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Assim acompanhe artigos sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, empréstimos e tudo relacionado ao mundo das fintechs.

Fonte: GaúchaZH.

Luiz Felipe Kesslerhttps://seucreditodigital.com.br/author/kessler/
Entusiasta de fintechs e tudo o que a tecnologia proporciona de facilidades em nossas vidas. Graduado em Administração de Empresas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Co-Fundador do site Seu Crédito Digital.
- Publicidade -

Mais Populares

Caixa faz nova rodada de pagamentos do Auxílio Emergencial nesta quarta-feira (05)

Nesta quarta-feira (05), a Caixa fará uma nova rodada de pagamentos do Auxílio Emergencial. Dessa vez, estão incluídos os beneficiários nascidos em maio, que...

Projeto prevê uso de vale-transporte para pagar aplicativos durante pandemia

Trabalhadores em breve poderão ter mais uma opção de transporte durante a pandemia de Covid-19. Conforme Projeto de Lei (PL) da senadora Rose de...

Caixa Tem: CEF garante saque dos R$ 600 para quem teve conta bloqueada

Nesta segunda-feira (3), a Caixa Econômica Federal garantiu que aqueles que tiveram a conta do Caixa Tem bloqueada não vai precisar esperar o desbloqueio...

Mais de 1 milhão de pessoas começam a receber o auxílio emergencial essa semana

Hoje (03), o Ministério da Cidadania anunciou um novo calendário do auxílio emergencial. Ele vai começar a ser pago no dia 5 de agosto...
- Publicidade -