O governo federal realizou o depósito do rendimento anual do fundo do PIS/Pasep na última segunda-feira. O rendimento equivale a 4,97% sobre o saldo da conta de cada trabalhador. Contudo, de acordo com o calendário oficial, os saques somente poderão ser feitos a partir do dia 25 de julho. Saiba quem vai poder sacar o rendimento do PIS/Pasep.

É provável que você também goste:

Nem tudo é perfeito! Qual o pior defeito do Nubank?

Banco Original lança nova conta digital com maquininha Cielo gratuita.

Congresso aprova bonificação de peritos para pente-fino do INSS.

Quem pode sacar o rendimento do PIS/Pasep a partir de 25 de julho?

De acordo com o previsto em lei, a parte extra que poderá ser sacada é de 3,6%. É o equivalente aos juros e ao resultado líquido adicional. Ou seja, todo o restante continua no fundo.

Quem tem direito ao fundo PIS/Pasep?

O Programa de Integração Social (PIS) foi criado através da Lei Complementar Federal nº 7, de 7 de setembro de 1970. Ele tem a finalidade de promover a integração do empregado na vida e desenvolvimento das empresas, viabilizando melhor distribuição da renda nacional.

Ao longo dos anos de 1971 a 1988, as empresas e órgãos públicos depositavam o dinheiro no fundo PIS/Pasep em nome de cada trabalhador. Entretanto, naquela época cada trabalhador era dono de apenas uma parte ou cota no fundo. Portanto, quem trabalhou antes de 4 de outubro de 1988, tem uma cota no fundo PIS/Pasep. Quem entrou no mercado de trabalho depois disso, infelizmente não.

Como consultar

O PIS é administrado pela Caixa Econômica Federal e o PASEP é
administrado pelo Banco do Brasil.

Os empregados de empresas privadas devem fazer a consulta pelo site da Caixa, ou ainda pelo aplicativo Caixa Trabalhador, de posse de apenas o seu CPF é possível verificar.

Funcionários públicos devem acessar o site do Banco do Brasil.

Os participantes do PIS poderão sacar os seus rendimentos de acordo com a data do seu nascimento. Confira logo a seguir:

  • Julho: 25/7
  • Agosto: 15/8
  • Setembro: 19/9
  • Outubro: 17/10
  • Novembro: 14/11
  • Dezembro: 12/12
  • Janeiro e fevereiro: 16/1/2020
  • Março e abril: 13/2/2020
  • Maio e junho: 19/3/2020

No caso do Pasep, os saques devem ser feitos de acordo com o dígito final do número de inscrição. Confira-os logo a seguir:

  • 0: 25/7
  • 1: 15/08
  • 2: 19/9
  • 3: 17/10
  • 4: 14/11
  • 5: 16/1/2020
  • 6 e 7: 13/2/2020
  • 8 e 9: 19/3/2020

Enfim, gostou da notícia?

Então, nos siga em nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Assim acompanhará artigos sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e tudo relacionado ao assunto de fintechs.