O Programa Renda Brasil será o novo programa social que está sendo formulado pela equipe econômica do governo. Ele vai incluir todos os atuais beneficiários do Bolsa Família, além de pessoas desempregadas e trabalhadores que hoje exercem atividades informais (autônomos). Além de estar previsto um valor maior do que o Bolsa Família, muitos beneficiários poderão ganhar dois valores diferentes. Entenda como vai funcionar.

É provável que você também goste:

Após Banco do Brasil, Itaú esgota limite de crédito disponível para o Pronampe

Governo paga novo abono salarial PIS/Pasep 2020. Confira o calendário

Investir a curto ou a longo prazo? Veja os investimentos adequados para cada objetivo

Renda Brasil vai pagar mais que o Bolsa Família, sendo possível receber 2 benefícios diferentes

Durante um evento virtual quer foi promovido pela Associação Brasileira de Indústria de Base (Abdib), o Ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou querer “dignificar” essas atividades e que é preciso dar ferramentas para os trabalhadores saírem da assistência social.

“Qualquer brasileiro que cair, em qualquer momento, ele cai no Renda Brasil. Mas se ele não tiver mutilações físicas, defeitos que o impeçam… Às vezes é um idoso, mutilado, que vende bala no sinal, aí talvez não consiga ser empregado e merece ser amparado no Renda Brasil. Mas o outro, mais jovem, pode ter caído emergencialmente. Temos que ter as ferramentas para ele sair da assistência social”, disse.

Renda Brasil terá um valor mais alto que o Bolsa Família

Conforme Guedes, o Renda Brasil vai abranger programas sociais existentes e terá um valor mais alto do que o Bolsa Família. Dessa forma, a reformulação do programa propõe pagamentos para cada beneficiário de R$ 200 a 300 reais mensais. Portanto, o benefício médio passa dos atuais R$ 190,16 pago pelo Bolsa Família atualmente, para R$ 232,31 pelo novo Renda Brasil.

Renda Brasil pode pagar 2 benefícios

Algumas pessoas poderão receber dois valores do novo Renda Brasil. A equipe econômica avalia criar um voucher de R$ 250 por mês para crianças atendidas pelo novo programa Renda Brasil.

O objetivo é que os pais possam usar o dinheiro extra para pagar creches. Ou seja, além do valor de até R$ 300, o beneficiário poderá receber mais R$ 250 extra, caso tenha criança em idade de creche.

Cabe ressaltar que essa proposta ainda está sendo avaliada pelo governo.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o Facebook, Twitter e Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Imagem: rafastockbr via shutterstock

Sobre o Autor

Eduardo Mendes

Cofundador

Sou um entusiasta da tecnologia, que também aprecia inovação, empreendedorismo, além de Fintechs e as suas facilidades. Graduado em Administração de Empresas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. CoFundador do site Seu Crédito Digital.

Ver todos os artigos