Saiba quais são os planos do Banco do Brasil e do Bradesco para a Cielo

Planos estão ligados à queda dos lucros da Cielo durante a pandemia.

0

O Banco do Brasil pretende fazer a venda de sua parte da Cielo, mas o Banco Bradesco, seu sócio, não deseja conseguir outro parceiro para a empresa. Sendo assim, se o Banco do Brasil acabar realmente por vender a sua participação na Cielo, o Bradesco logo apresentará uma oferta para comprá-la.

É provável que você também goste:

Bancos fecharam 1.700 agências e 5.000 caixas eletrônicos em 2020

Banco do Brasil lança o cartão pré-pago Ourocard para os negativados em 2021

Se for preciso, Bradesco vai abrir uma nova rodada de renegociações de dívidas

Lucro da Cielo caiu no ano de 2020

No ano passado, a Cielo obteve ganhos líquido de R$ 490,249 milhões, ou seja, teve uma queda de quase 70% se comparado com o resultado do ano de 2019, no qual conseguiu cerca de R$ 1,547 bilhão. Essa queda ocorreu por conta dos impactos econômicos que houveram pela pandemia da COVID-19, oriundos principalmente no segundo trimestre.

A empresa fez um comunicado em que dizia que a queda no consumo devido à pandemia afetou os negócios da Cielo e também da Cateno, que mostrou durante o ano uma grande queda em volume, principalmente em seus negócios mais lucrativos.

No ano anterior, todas as receitas líquidas da empresa tiveram um total de R$4,675 bilhões, com um declínio na porcentagem de 11%, se comparado ao ano de 2019. Ao levar em conta essa mesma base na comparação, houveram despesas operacionais em valor próximo de R$ 1,248 bilhão para R$1,298 bilhão, com crescimento de 4%.

Contudo, nos últimos três meses de 2020, a Cielo teve um lucro de R$ 298,2 milhões e obteve uma alta de 34,7% sobre o mesmo trimestre do ano anterior e de 197,0% em comparação ao terceiro trimestre do mesmo ano.

A empresa comentou que, quando comparado ao trimestre anterior, o resultado que obtiveram foi por conta das melhorias que ocorreram nas unidades de negócio, como a Cielo Brasil, Cateno e outras controladoras.

No quarto trimestre, também de 2020, o valor chegou a R$ 1,31, em que mostrou crescimento de 8% ao se comparar ao anterior, no entanto, 1,5% menor quando igualado com 2019.

No final, o resultado da Cielo chegou a R$ 111 milhões em 2020, com porcentagem menor no valor se comparado aos R$ 541,4 milhões de 2019.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então é só seguir o Seu Crédito Digital no YouTubeFacebookTwitter, Instagram e Twitch. Assim você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos etc. Siga a gente para saber mais!

Imagem: rafastockbr / Shutterstock.com

- Publicidade -

Comentários
Carregando...