Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Salário mínimo será diferente em 5 estados; veja onde se recebe mais

0

O ano de 2022 começou com um novo valor do salário mínimo nacional. Antes no valor de R$ 1.100,00, a partir de 1º de janeiro, conforme Medida Provisória publicada no Diário Oficial da União, o valor passou a ser R$ 1.212,00; ou seja, houve um reajuste de 10,02%.

A maioria dos estados brasileiros segue esse novo valor do salário mínimo publicado pelo Governo Federal, mas em 5 estados a quantia é diferente do piso nacional.

É provável que você também goste:

Governo define o novo valor do salário mínimo para 2022

Salário Mínimo: seguro-desemprego, abono do PIS, BPC/Loas e indenizações dos Juizados Especiais vão ter reajustes

Segurado do INSS que ganha acima de um salário mínimo começa a receber na segunda-feira (03)

Chamado de piso regional, esses estados adotam um valor diferente para o salário mínimo dos trabalhadores de sua unidade federativa:

  • Paraná: Atualmente no estado o valor do salário mínimo é de R$ 1.467,40 a R$ 1.696,20, porém o valor ainda sofrerá reajuste conforme o Índice de Preço do Consumidor (INPC) acumulado de 2021 e passará a ser em 2022 entre R$ 1.600,00 e R$ 1.870,00;
  • Rio de Janeiro: O piso regional de 2022 ainda não foi definido, mas os valores que vigoram no estado desde 2019 são entre R$ 1.238,11 e R$ 3.158,96, a depender da faixa estabelecida conforme categoria profissional;
  • Rio Grande do Sul: O piso salarial do estado gaúcho sofreu seu último reajuste em dezembro de 2021, passando a ser entre R$ 1.305,56 e R$ 1.654,50;
  • Santa Catarina: O salário mínimo atual é de R$ 1.281,00 e R$ 1.467,00, mas em março passará por reajuste, definindo assim o piso salarial de 2022;
  • São Paulo: O último reajuste do piso salarial no estado foi em 2019 e o governo já adiantou que não pretende reajustar esse ano; portanto, o salário mínimo paulista ficará entre R$ 1.163,55 e R$ 1.183,33.

O  piso salarial regional serve como referência, sobretudo, para os trabalhadores do setor privado que fazem parte de categorias não assistidas em acordos coletivos ou convenções, como os trabalhadores domésticos, por exemplo.

Como foi feito o cálculo para o reajuste do salário mínimo 2022?

O cálculo para reajuste do piso salarial nacional é baseado no INPC, que é encarregado por medir a inflação do país e também o reajuste do salário mínimo.

Portanto, foi utilizada a inflação medida pelo INPC prevista para o ano de 2021, que ficou em 10,02%. Foram levados em consideração os valores do INPC de janeiro a novembro e para o mês de dezembro foram consideradas as projeções do governo. 

Qual o impacto do reajuste do salário mínimo?

Conforme divulgado pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), o salário mínimo é referência para 56 milhões de pessoas no Brasil, sendo que 24 milhões são segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

O Governo Federal estima que, para cada aumento de R$ 1,00 no piso salarial nacional, aumentam em média R$ 364,8 milhões no ano de 2022 os gastos com Benefícios da Previdência, Abono e Seguro Desemprego e Benefícios de Prestação Continuada (BPC).

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o FacebookTwitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimosfintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: rafapress / Shutterstock.com

Comentários do Facebook

- Publicidade -