Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Seguro desemprego, PIS/Pasep e benefícios do INSS serão reajustados

0

Segundo as projeções do mercado, a inflação de 2021 pode encerrar em 9,1%. Dessa forma, o salário mínimo deve sofrer um reajuste de R$ 100, e assim, chegar a R$ 1.200. Ao reajustar o salário mínimo de acordo com o INPC, o governo deve garantir a 50 milhões de cidadãos, o poder de compra. Desse total, cerca de 24 milhões são segurados da Previdência Social. Sendo assim, o seguro desemprego, o PIS/Pasep e os benefícios do INSS, devem sofrer reajustes. Confira abaixo.

Auxílio Brasil: deputados aprovam remanejamento de dinheiro do Bolsa Família

Crédito habitacional da Caixa: veja como simular pela internet

Preço da Cesta Básica sobe e salário mínimo deveria ser quase R$ 6 mil

Seguro desemprego, PIS/Pasep e benefícios do INSS serão reajustados

Em suma, os aposentados, pensionistas, beneficiários do auxílio-doença e do Benefício de Prestação Continuada (BPC) costumam ser impactados com a correção do salário mínimo. As pessoas recebem o benefício básico do INSS, que deve ser igual ao piso nacional em vigência. Desta forma, no próximo ano esses segurados podem receber R$ 1.200 mensalmente. Além do valor mínimo, o teto também deve mudar, que atualmente é de R$ 6.433,57.

Enquanto isso, os trabalhadores demitidos sem justa causa costumam receber o benefício do seguro desemprego. A pessoa recebe entre três a cinco parcelas com um valor definido conforme os três últimos salários recebidos pelo cidadão. Em suma, o seguro desemprego também se baseia no piso nacional, já que ele não pode liberar uma quantia menor. Logo, o seguro desemprego deve ser de R$ 1.200 em 2022.

O abono salarial PIS/Pasep é um benefício liberado ao trabalhador com carteira assinada todos os anos. Ele se distribui conforme a data de nascimento ou o NIS para funcionários da iniciativa privada e de âmbitos públicos. O valor do benefício se calcula a partir do salário mínimo em vigência. E assim, em 2022, o trabalhador pode receber até R$ 1.200.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o FacebookTwitterTwitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de créditoempréstimosfintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: Vitor Lando/shutterstock.com

Comentários do Facebook

- Publicidade -