Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

STF toma importante decisão envolvendo planos de saúde; saiba mais

Juízes do STF tomam decisão que vai impactar a vida dos clientes dos planos de saúde. Clique e descubra o que mudou!

O Superior Tribunal de Justiça (STF) tomou uma decisão que vai afetar diretamente a cobertura dos planos de . A partir de agora, os planos não são obrigados a cobrir o de alguns exames que o cliente fizer.

Tudo começou quando o estado do Rio Grande do Norte sancionou uma que obrigava os planos de saúde incluir na sua cobertura os exames que os nutricionistas prescrevem para os seus . Entretanto, é comum que os planos cubram apenas pelos exames que médicos e odontologistas pediram.

Diante da situação, a Confederação Nacional Empresas de Seguros Gerais, Previdência Privada e Vida, Saúde Suplementar e Capitalização (CNSeg) entrou com uma ação de inconstitucionalidade no STF contra a nova legislação.

Ministros do STF dizem que estado não tem competência para legislar sobre o assunto

De com o entendimento dos ministros do STF, o estado do Rio Grande do Norte não pode criar uma lei que exige que os planos de saúde cubram além do que está previsto nas normas. Além disso, ele não tem jurisdição para tratar das relações contratuais nesse caso.

Outro fator que os juízes apontaram é que a Lei dos Planos de Saúde já trata sobre quais exames os planos de saúde devem cobrir. Essa legislação todas as obrigações que as empresas do setor devem seguir, incluindo os serviços que devem oferecer para os clientes.

Veja também:

Está liberado antecipar o PIS 2024? Entenda

Por ser uma lei federal, o estado não poderia criar uma nova legislação que se sobrepusesse a norma nacional. Portanto, decidiram pela inconstitucionalidade da lei potiguar.

A imagem mostra um médico assinando um relatório.
Imagem: rawpixel.com/ freepik

Como ficam os clientes?

Com a decisão do STF, os planos de saúde que operam no Rio Grande do Norte não precisaram mais cumprir as determinações da lei estadual. Consequentemente, os clientes deverão arcar com os custos dos exames que o seu nutricionista pedir. Entretanto, nada impede que os planos escolham oferecer esse tipo de cobertura. 

Imagem: Fábio Rodrigues-Pozzebom/