Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Cuidado: 4 golpes do Pix têm roubado milhões de consumidores desavisados

Confira nossas dicas e saiba como não ser enganado por criminosos

0

Certamente você já deve ter ouvido falar sobre os golpes na internet. No WhatsApp eles são bem comuns, e acabam pegando muitas pessoas desprevenidas. Isso porque, por mais que você diga que nunca cairia em certos tipos de fraudes, é possível que o golpista pegue você justamente em um momento de dispersão ou confusão, e acabe conseguindo o que quer. E agora, com a chegada do Pix, novos golpes estão sendo aplicados.

É provável que você também goste:

Mercado Pago: aproveite a campanha Dia das Mães do seu cartão Visa

Número de MEIs aumentou na pandemia, diz Nubank

Quanto rende mil reais aplicados no PicPay?

Cuidado: 4 golpes do Pix têm roubado milhões de consumidores desavisados

Em geral, eles são bem parecidos com golpes que já existem, só que alguns são tão bem articulados que têm o poder de enganar muita gente, principalmente pessoas que não tem tanto contato com a tecnologia. Por isso, para ajudar você a se prevenir de qualquer tipo de problema, explicamos a seguir 4 tipos de golpes do Pix, e como identificá-los a tempo. Confira!

1. Clonagem do WhatsApp

Esse é conhecido, e já vem sendo realizado em diversos formatos. Mas, com a chegada do Pix, ele ganhou uma cara nova. Isso porque muitas pessoas colocam o seu telefone como chave Pix. Porém, nesse golpe, o criminoso encontra seu número em um grupo de WhatsApp e inicia uma transferência para você.

Nesse momento, ele tem acesso ao seu nome completo e também ao banco que você tem conta. Assim, o golpista liga para você, fingindo que está falando em nome do seu banco, e diz que está fazendo um recadastramento, uma confirmação de cadastro, entre outras coisas.

Desse modo, o golpista dirá que você vai receber um código de confirmação por SMS, e se você compartilhar esse código, seu WhatsApp pode ser clonado. Nesse momento, geralmente o criminoso tenta entrar em contato com seus contatos e pedir transferências de dinheiro.

2. Conta falsa do WhatsApp

Aqui, o farsante não vai entrar em contato com você. Ele não precisa de nenhuma informação sua pois ele já tem, inclusive alguns de seus contatos. Dessa forma, o golpista cria uma conta falsa sua no WhatsApp, usando sua foto e se passando por você. E então, mais uma vez, aciona os seus contatos que ele possui cadastrado, solicitando transferências de dinheiro, principalmente via PIX.

3. Bug no Pix

Esse golpe também andou circulando no WhatsApp e nas redes sociais nos últimos tempos. A ideia é basicamente essa: o golpista diz que foi descoberto um Bug, e que se você enviar um Pix para uma determinada chave, o seu dinheiro volta em dobro. E algumas pessoas acabam caindo nessa pegadinha, por pensarem que podem ver seu dinheiro duplicar, além de enviar valores de forma espontânea para o farsante.

4. Ligação de funcionário falso

Por fim, este último não depende do WhatsApp. Nele, o golpista liga para você e se passa por um funcionário do banco. Portanto, ele diz que vai ajudar você a cadastrar ou regularizar a sua chave, caso você já tenha uma.

Depois, ele afirma que você precisa realizar um teste para ver se a função está funcionando, e você pode acabar enviando dinheiro para o criminoso mesmo sem saber. Nesse caso, é preciso entender que em nenhuma hipótese os bancos pedem para que funcionários liguem para resolver questões de chave Pix.

Dica de ouro: sempre desconfie!

Primeiramente, sempre que for realizar um PIX, confira os dados da pessoa que receberá a transação, e só conclua caso você conheça a pessoa. E nunca caia na conversa de dinheiro fácil ou dobrado. Lembre-se: ninguém oferece dinheiro de graça, e é bem possível que se trate de mais um golpe.

Além disso, para ficar mais tranquilo, é possível fazer uma pesquisa de como aplicar o fator de verificação dupla no seu celular. Certamente essa é uma ferramenta que auxiliará muito a evitar cair em golpes desse tipo, mesmo que eles sejam muito engenhosos!

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Imagem: Antonio Guillem/shutterstock.com

Comentários
Carregando...