Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Vale a pena cancelar o Cadastro Positivo antes da nova regra?

0

O Novo Cadastro Positivo entra em vigor no dia 9 de julho de 2019. Nesta data, os dados dos consumidores passarão a serem informados pelas empresas para as Gestoras de Bancos de Dados, como o SPC Brasil, Boa Vista e Serasa Experian. Contudo, muita gente tem uma dúvida, será que vale a pena cancelar o Cadastro Positivo antes da nova regra? Tire todas as suas dúvidas aqui neste artigo.

É provável que você também goste:

Superdica para dar um upgrade no seu Serasa Score em até 200 pontos!

A dívida com o cartão de crédito caduca depois de 5 anos?

Cadastro Positivo

O Cadastro Positivo existe desde 2011, quando a presidente Dilma Rousseff sancionou a lei. Naquela época, como é até hoje (26) era necessário que o próprio consumidor autorizasse a abertura do seu cadastro positivo. Entretanto, como não era obrigatório, teve pouca adesão. Neste momento, são 6 milhões de inscritos. São considerados apenas pagamentos bancários, como faturas de cartões de crédito, financiamentos pagos em dia, entre outros.

Novo Cadastro Positivo

O Novo Cadastro Positivo com a inclusão automática dos consumidores foi aprovado pela Câmara dos Deputados e pelo Senado, e posteriormente sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro em 8 de abril deste ano. Com a nova regra, pagamentos de luz, água, dentre outros serviços passarão a ser considerados.

Com isso, pessoas que não tinham movimentação por não terem contas bancárias no seu CPF também terão os seus pagamentos informados, e com isso será benéfico para grande parte da população. De acordo com a Serasa Experian, serão 137 milhões de consumidores beneficiados com a inclusão automática.

Será que vale a pena cancelar o Cadastro Positivo?

Na avaliação do presidente da Boa Vista – Dirceu Gardel, o Cadastro Positivo será extremamente benéfico aos consumidores. Na verdade, tanto o mercado, quanto os consumidores, serão beneficiados, e por isso não é aconselhável ficar de fora.

“Um bom exemplo para entende-lo é compará-lo a um boletim escolar. Imagine que se durante um ano todas as notas de um aluno foram maiores que oito com exceção de uma, na qual tirou quatro, e por conta disso esse estudante repetisse de ano somente por conta disso. Não parece justo, não é mesmo? Então, o Cadastro Positivo é o “boletim” da vida financeira do consumidor. Com ele, todas as contas pagas em dia contam a favor e podem ajudar na obtenção de crédito, mesmo que eventualmente tenha ficado com o nome sujo”, exemplifica.

Vale a pena cancelar o Cadastro Positivo?

De acordo com Vilasio França, do SPC Brasil, quem aderiu ao Cadastro Positivo continuará compondo normalmente a nota do seu score de crédito. Entretanto, quem for incluído automaticamente pelo novo modelo, terá uma construção gradual. Ou seja, a partir de julho de 2019 e ao longo dos próximos quinze anos, o Cadastro Positivo será construído.

Neste ponto que encontrei o problema. Aqueles consumidores que recentemente saíram do SPC e Serasa e aqueles que estão com o nome sujo, o que acontece? Se você já aderiu ao Cadastro Positivo e constam informações negativas ao seu respeito neste período, o mais prudente é sair do mesmo e aguardar pela inclusão automática.

Isso é recomendado porque será uma nova construção do seu score de crédito, que atualmente encontra-se prejudicado em virtude de recentes negativações. Portanto, se aderir posteriormente, isso será benéfico ao seu histórico de crédito, e consequentemente impactando no seu score de crédito.

Todavia, é muito mais difícil cancelar o Cadastro Positivo do que pedir a inclusão (obviamente que antes da nova regra). Inclusive, muitos internautas reclamam disso. Portanto, se você deseja cancelar o Cadastro Positivo, dê uma conferida aqui neste artigo que possui informações mais detalhadas de como se deve proceder. É possível cancelar presencialmente, através do envio de um termo com firma reconhecida pelos Correios, ou ainda através de certificado digital. Ao cancelar em um dos Bureaus de crédito, automaticamente você estará cancelando nos demais.

Enfim, gostou da notícia?

Então, siga Seu Crédito Digital no Google News. Receba em primeira mão notícias sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, financiamentos, empréstimos e tudo relacionado ao assunto de fintechs.

Comentários do Facebook

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.