A Tracxn, empresa de análise de dados no mercado de startups, recentemente listou cinco fintech brasileiras que estão prestas a se tornarem unicórnios. No mundo dos negócios, um unicórnio é uma fintech com avaliação bilionária de mercado, como, por exemplo Nubank e Ebanx. O Nubank é um banco digital que recentemente chegou aos 20.000.000 de clientes, enquanto que o Ebanx é um grande empresa de meios de pagamentos. No entanto, Nubank e Ebanx devem ficar de olho e seguir aprimorando e inovando seus serviços, pois há muitas outras fintech crescendo no Brasil. Na lista de 5 fintechs prestes a se tornarem unicórnios da Tracxn estão Creditas, Neon, Guiabolso, WEEL e ContaAzul.

É provável que você também goste:

Nubank prepara mudanças na gestão da empresa e fundadores devem ir para o conselho.

Cartão Atacadão aceita baixo score e dá desconto de até 25% em produtos.

O momento dos bancos tradicionais frente às ameaças de bancos públicos e fintechs.

Brasil é ambiente favorável ao surgimento de unicórnios

Segundo a Tracxn, o Brasil possui um ambiente favorável às startups, com acesso aos maiores mercados da América Latina e disponibilidade de talentos em tecnologia nas grandes universidades. São Paulo, centro financeiro do Brasil, é também o centro do ecossistema de startups do, sendo onde estão os principais unicórnios do país. Outros importantes ecossistemas de inovação no país incluem Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Florianópolis e a capital federal Brasília.

No tópico a seguir, apresentamos a lista da Tracxn de 5 fintechs brasileiras prestes a se tornarem unicórnios. Para definir a lista, a Tracxn usou critérios como tamanho, investimentos, excelência de execução e perspectivas de crescimento futuro.

Confira as 5 fintechs que devem ser tornar unicórnios em breve

A seguir, confira os perfis das cinco fintechs que apresentam alto potencial de crescimento. Essas empresas são também conhecidas como “soonicorns”, ou seja, são fintechs que logo se tornarão unicórnios.

Creditas

Creditas é uma plataforma on-line para empréstimos garantidos por ativos, na qual usuários podem usar uma propriedade ou veículo como garantia para obter empréstimos. Os usuários podem fazer uma solicitação de empréstimo e receber uma proposta de empréstimo personalizada. As taxas do empréstimo com propriedade em garantia são de 0,99% ao mês, enquanto que as taxas de um empréstimo com o veículo sob garantia são de 1,59% ao mês.

A Creditas foi fundada em 2012, em São Paulo, por Sergio Furio e está avaliada em US$ 700 milhões.

Neon

Neon Pagamentos é um banco que permite aos usuários pagar contas, receber seu salário, fazer compras, transferir fundos, investir saldos etc. Além disso, oferece cartão de crédito/débito Neon, que pode ser vinculado à carteira móvel.

O Neon foi fundado em 2016, em São Paulo, por Daniel Benevides e Pedro Conrade; sendo atualmente avaliado em US$ 121 milhões.

Guiabolso

O Guiabolso oferece aos usuários um aplicativo automatizado de gerenciamento de finanças pessoais. Ele é sincronizado com vários bancos e permite que os usuários rastreiem seus saldos e gastos. Além disso, o GuiaBolso também recomenda empréstimos para consumidores com juros a partir de 2,49% ao mês.

O Guiabolso foi fundado em São Paulo, em 2012, por Thiago Alvarez e Benjamin Gleason; sendo atualmente avaliado em US$ 77 milhões.

WEEL

A WEEL concede financiamento de capital de giro para pequenas e médias empresas. As empresas podem antecipar recebíveis de faturas de produtos cujo pagamento será feito por fatura com vencimento entre 5 e 90 dias. Além disso, a WEEL oferece integração com várias soluções de ERP para rastrear melhor as contas a receber.

A WEEL foi fundada em São Paulo, em 2014, por três empresários: Shmuel Kalmus, Henry Hazan e Henry Hazan. A fintech atualmente está avaliada em US$ 45 milhões.

ContaAzul

A ContaAzul oferece uma solução contábil baseada em nuvem para pequenas e médias empresas. Também possui várias funcionalidades como, por exemplo, gerenciamento de vendas, gerenciamento de inventário, gerenciamento de faturas, gerenciamento de contas a pagar/receber, relatórios financeiros etc. Além disso, a ContaAzul oferece vários planos de assinatura, dependendo do número de usuários e faturas.

A ContaAzul foi fundada em Joinville (SC), em 2012, por Vinicius Roveda, José Carlos Sardagna e João Augusto Zaratine, sendo, portanto, a única entre as 5 fintechs “soonicorns” que não é de São Paulo. Seu valor de mercado atual é de US$ 41 milhões.

Enfim, gostou da matéria?

Então, siga o nosso canal do YouTube, e nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, empréstimos e matérias relacionadas ao assunto de fintechs.

Imagem: Joyseulay, via Shutterstock.