Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Economia: R$ 4 bilhões em abono salarial e FGTS estão parados nos bancos

Entenda por que os valores estão nessa situação.

0

Neste momento, mais de R$ 4,8 bilhões entre valores de abonos salariais e FGTS estão parados nos bancos. A informação foi confirmada pela Caixa Econômica Federal e pelo Banco do Brasil nesta semana. Esses valores ainda se somam aos recebimentos de ações judiciais não sacados, que representam um total de R$ 214 milhões, de acordo com a Caixa. No caso do PIS, por exemplo, foram mais de 327 mil benefícios não sacados.

Economia: R$ 4 bilhões em abonos salariais e FGTS estão parados nos bancos

Além disso, quanto ao Pasep, que é pago pelo Banco do Brasil para trabalhadores do setor público, cerca de 140 mil pessoas ainda não sacaram o abono. Isso totaliza um saldo de R$ 95 milhões. O calendário dos pagamentos dos abonos começou ainda em 2020, e leva sempre em consideração o mês de nascimento e o número final da inscrição.

Porém, o dinheiro esquecido nos bancos não é relacionado apenas ao Pis e ao Pasep. Ele vem das contas de FGTS paradas (sem depósitos há mais de três anos) e de causas ganhas na Justiça que geraram indenização a trabalhadores. Ou seja, esses valores estão lá, liberados, só aguardando que os donos os resgatem.

Um dos motivos para o abandono do dinheiro é, sem dúvida, a desinformação. Tanto no caso dos abonos salariais quanto do FGTS, muitas pessoas nem sabem que têm direito ao dinheiro. Hoje, existem pelo menos R$ 4,83 bilhões parados no Banco do Brasil e na Caixa Econômica Federal, inclusive de contas inativas do FGTS.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o FacebookTwitterTwitchInstagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimosfintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: Antonio Salaverry / shutterstock.com

- Publicidade -

Comentários
Carregando...