Os Bureaus de crédito mais conhecidos pelos brasileiros são o SPC Brasil, a Serasa Experian e a Boa Vista. Mais recentemente, foi criada a QUOD, que é a gestora de crédito e de dados dos 5 maiores bancos brasileiros. Todas estas empresas administram gigantescos bancos de dados, compilando negativações, score de crédito, e por fim, o Cadastro Positivo. Entretanto, o consumidor pode ter seu CPF em outros bancos de dados que não são tão populares, mas que podem complicar a sua vida. Confira quais são eles, e saiba como consultá-los.

É provável que você também goste:

O Score Boa Vista evoluiu, confira dicas infalíveis para obter mais crédito

É possível abrir um MEI estando negativado no SPC e Serasa?

Multas de trânsito em SP já podem ser parceladas no cartão de crédito pela internet e em até 12 vezes.

Em quais bancos de dados seu CPF pode ser negativado além do SPC e Serasa?

CCF – Cadastro de emitentes de cheques sem fundos

O CCF – Cadastro de emitentes de cheques sem fundos é um cadastro de devedores que é mantido pelo Banco Central do Brasil e operacionalizado pelo Banco do Brasil. Todo e qualquer consumidor que emitir cheques sem fundos, tem o seu CPF incluído neste cadastro.

Existem três possibilidades para a inclusão do nome do correntista neste banco de dados. Confira:

  • Cheque devolvido por inexistência de fundos;
  • Cheque devolvido por conta encerrada;
  • Cheque devolvido por prática espúria: De acordo com a definição do Banco Central, “é motivo de devolução de cheque pelo banco sacado. Só pode ser informado por banco que tenha compromisso de pagar o cheque mesmo que não tenha fundos”.

Na ocorrência de qualquer um dos motivos elencados, é feita a inclusão automática do nome do correntista, que deverá ser notificado por escrito, através de carta entregue pelos Correios.

Primeiramente, para excluir o nome destes banco de dado, é necessário pagar o cheque que origem à informação. O comprovante pode ser o próprio cheque, ou do extrato da conta onde consta o débito. É necessário pagar uma taxa no banco solicitando a exclusão do CCF. O banco tem até cinco dias úteis para dar a baixa.

Como consultar o banco de dados do CCF

Tanto a Boa Vista, quanto a Serasa Experian conseguem integrar estes dados na consulta. Portanto, basta verificar as suas pendências no sites destes Bureaus de crédito, que em caso de cheque sem fundos, aparecerá a informação no campo CCF. Veja aqui

como consultar seu CPF.

SCR – Sistema de Informações de Crédito

Um outro cadastro que já mencionamos aqui no site Seu Crédito Digital é o SCR – Sistema de Informações de Crédito do Banco Central. Trata-se de um banco de dados sobre operações financeiras e títulos com garantia de crédito contratados por pessoas físicas ou jurídicas. Ou seja, empréstimos, financiamentos, operações de arrendamento mercantil, compromissos de crédito, dentre outras operações.

Teoricamente, o SCR não é um banco de dados restritivo. Ou seja, diferente de uma negativação no SPC e Serasa, ele possui tanto informações positivas quanto negativas. Portanto, ter boas informações no SCR podem facilitar na hora de obter crédito.

Entretanto, as instituições financeiras também informam atrasos no pagamento de prestações e o lançamento de prejuízo pela instituição financeira. Ou seja, quando o cliente deixa de pagar o valor total da dívida, e obtém um desconto. Portanto, é popularmente conhecido como “A Lista Negra dos Bancos“, pois se o seu nome estiver incluído neste banco de dados, você não vai conseguir crédito.

Como consultar dívidas no SCR

O SCR pode ser consultado pelas instituições financeiras, quando você autoriza o acesso, ou por você mesmo. Para isso, é necessário acessar o Registrato – Extrato do Registro de Informações no Banco Central do Brasil. Os dados ficam disponíveis para consulta pelas empresas pelo período de 24 meses, e para o próprio consumidor por 60 meses. Caso você tenha dúvidas sobre como acessar o SCR, leia este artigo aqui.

Cadin – Cadastro Informativo de Créditos não Quitados do Setor Público Federal

O Cadin – Cadastro Informativo de Créditos não Quitados do Setor Público Federal, é um banco de dados que registra pessoas físicas e jurídicas que possuem dívida nos órgãos e entidades federais do Brasil. Quando vence um débito e você não paga para a administração pública, seu nome é incluído no Cadin, e esta dívida será registrada em seu CPF ou CNPJ.

Quais dívidas podem ser registradas no Cadin?

Existem vários exemplos de dívidas que podem ser registradas no Cadin. Normalmente trata-se de impostos e obrigações fiscais, dívidas com bancos públicos e financiamentos através de verba governamental. Confira alguns exemplos logo a seguir.

  • IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores)
  • IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano)
  • CCM (Cadastro de Contribuintes Mobiliários)
  • Multas de Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente)
  • SPU (Superintendência do Patrimônio da União)
  • CEF (Caixa Econômica Federal)
  • BB (Banco do Brasil)
  • BNB (Banco do Nordeste do Brasil)
  • FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador)
  • PRONAF (Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar)
  • FIES (Fundo de Financiamento Estudantil)

Como consultar débitos no banco de dados do Cadin:

O Banco Central do Brasil disponibiliza a consulta ao Cadin, através do Sisbacen. É possível realizar a consulta pela internet, cadastrando uma senha. Para maiores informações, consulte o site do Banco Central do Brasil.

Enfim, gostou do artigo?

Então, nos siga em nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Assim acompanhará artigos sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e tudo relacionado ao assunto de fintechs.