BPP atinge a marca de 5 milhões de cartões pré-pagos

0

A BPP, conhecida Instituição de Pagamento, que está no topo da inovação do mercado financeiro, trabalhando e oferecendo aos seus clientes produtos que até anos atrás só eram possíveis de serem adquiridos por meio de bancos tradicionais, acaba de anunciar que chegou à marca dos 5 milhões de cartões pré-pagos emitidos de uma forma geral, contabilizando no pacote tanto pessoa física quanto empresas clientes, que os usam de forma corporativa.

É provável que você também goste:

Preço do arroz pode cair em janeiro, de acordo com Ministra da Agricultura

Auxílio Emergencial cancelado? Veja como contestar e receber os R$ 300

Você pode ainda conseguir o auxílio emergencial de R$ 600 e nem sabe

BPP atinge a marca de 5 milhões de cartões pré-pagos

O número foi alcançado em meio à pandemia do novo coronavírus que logo no início de março restringiu o deslocamento social, levando empresas a trabalharem via home office e desenvolveu nas pessoas novos hábitos, como o uso do cartão por aproximação e a compra pela Internet com uso de cartões pré-pagos inclusive.

Segundo dados da Visa Consulting & Analytics, o pagamento por aproximação no Brasil alcançou a marca de 7 milhões de transações mensais Visa em dezembro de 2019. Ainda conforme as informações levantadas, esse crescimento tem sido exponencial, quando comparados os meses de março de 2019 com março de 2020, início do isolamento social no Brasil por conta da pandemia, o crescimento do uso de cartões Visa com pagamento por aproximação no país foi cinco vezes maior de um ano para outro.

No início do ano a BPP já havia contabilizado um aumento de 30% no uso do cartão pré-pago com um maior aumento registrado no uso com o item Cultura que havia batido na época uma alta de 379%.

Observando-se esse crescimento no levantamento também feito pela BPP, há uma confirmação de que o uso de cartões na modalidade pré-pago vem ganhando cada vez mais espaço no dia a dia dos brasileiros e ainda mais nesse período diferente que passamos a vivenciar.

De acordo com dados levantados pela Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (ABECS), a pandemia do novo coronavírus alavancou novas tecnologias no setor financeiro. Os pagamentos digitais realizados na Internet, aplicativos ou outros tipos de transações remotas somaram R$ 86,7 bilhões no primeiro trimestre de 2020, um crescimento de 23,2% se comparado ao ano anterior.

“O aumento de 20% na aquisição de cartões pré-pagos e o alcance que resultou no montante de 5 milhões de plásticos pré-pagos só vem reforçar que esse tipo de cartão contribui com a inclusão financeira das pessoas e cuidados com relação à saúde e segurança quando diz respeito à inserção de dados para realizar pagamentos digitais”, afirma Alexandre Ferrari, presidente da BPP.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o FacebookTwitterTwitch e Instagram. Assim você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos etc.

Imagem: Jirapong Manustrong/shutterstock.com

Comentários
Carregando...

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar