Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Caixa prepara operação para lançar novo auxílio no Caixa Tem

Novo benefício deve ser pago em quatro parcelas.

0

O auxílio emergencial, prometido para ser pago em março, já teve a aprovação da PEC Emergencial pela Câmara dos Deputados. Assim, o governo deve criar uma Medida Provisória com todo o detalhamento referente a valores, duração e condições do programa. Além disso, é importante ressaltar que o número de beneficiários não será o mesmo do ano passado, assim como os valores a serem pagos. Agora, a Caixa Econômica Federal está se preparando para lançar o novo Auxílio Emergencial no Caixa Tem. Confira mais informações a seguir!

É provável que você também goste:

Caixa Tem: atualização de dados cadastrais continua essa semana

Banco do Brasil libera empréstimo com taxas reduzidas por tempo limitado

XP lança cartão de crédito sem anuidade e com cashback maior do que Banco Inter e Méliuz

Caixa prepara operação para lançar novo auxílio no Caixa Tem

Então, a área técnica da equipe da Caixa Econômica Federal tem mais de um plano de ação sobre a mesa para fazer a operação de pagamento dessa segunda etapa do benefício. No caso do “plano A”, o mecanismo de distribuição da primeira parcela deve ser acionado logo após a publicação da MP, que vai detalhar o pagamento. Lembrando que o saque dos recursos se dá de forma digital, com os cadastros já existentes.

Atualmente, os recursos reservados para a iniciativa têm um teto de R$ 44 bilhões. Além disso, dessa vez o auxílio deve ser pago para 46 milhões de pessoas, o que é muito menor que o da primeira fase, de 2020. Segundo o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, já está sendo finalizada a validação de todo o banco de dados das pessoas que serão contempladas com a medida.

Novo Auxílio Emergencial deve ser pago em quatro parcelas

No início do programa, o governo contabilizou o pagamento do auxílio para cerca de 68 milhões de pessoas. No final da validade do benefício, esse número já era de cerca de 56 milhões. Esse número diminuiu porque houve um cruzamento de informações mais coerente, que excluía aquelas pessoas que, de fato, não precisavam do Auxílio Emergencial. Além disso, quem recebeu o dinheiro sem ter direito teve que devolver os valores.

Por fim, essa nova fase do Auxílio Emergencial, prevê o pagamento de um benefício médio de R$ 250, em quatro parcelas. Assim, a ideia é que a medida tenha impacto financeiro e político no país pelo menos até este ano. Hoje, essa nova remessa do Auxílio é uma das principais medidas do governo para conter os efeitos da pandemia na economia brasileira.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então é só seguir o Seu Crédito Digital no YouTubeFacebookTwitterInstagram e Twitch. Assim você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos etc. Siga a gente para saber mais!

Imagem: CRIS CAVALHEIRO / Shutterstock.com

- Publicidade -

Comentários
Carregando...