Conforme publicamos na semana passada, agora a Rappi acaba de lançar o cartão Visa Rappi oficialmente aqui no Brasil. Trata-se de um cartão na modalidade pré-pago, isento de taxas e de tarifas. Para solicitá-lo, basta cadastrar o CPF, e após a validação dos dados, possa ser aberta a conta digital diretamente pelo aplicativo.

É provável que você também goste:

3 vantagens do novo cartão de crédito Caixa Simples sem consulta ao SPC e Serasa.

A dívida caducou no SPC e Serasa, é possível conseguir um cartão de crédito?

Bitcoin ultrapassa US$ 10 mil e pode alcançar US$ 100 mil, prevê Trader.

O cartão Visa Rappi é na cor laranja fluorescente, e pode ser utilizado para compras online, contratação de serviços de streaming e aplicativos de transporte. Para reabastecê-lo, o usuário pode fazer usar a RappiPay, que é a carteira virtual disponível no app, ou ainda através de transferência bancária ou boleto.

“Estamos sempre em busca de maneiras para simplificar a vida dos usuários e ajudá-los no dia a dia. Esse lançamento é mais uma oferta inovadora pensada com foco no cliente. É um meio de pagamento democrático e que evita a burocracia das agências bancárias tradicionais”, é o que diz Sebastian Mejía, cofundador e presidente da Rappi.

Cartão Visa Rappi

A união com a Visa, havia sido anunciada em abril. A parceria tem como objetivo acelerar o comércio digital e a inclusão financeira na América Latina. De acordo com as empresas, a ideia é impulsionar a próxima geração de pagamentos digitais e soluções de serviços financeiros. O lançamento do cartão Visa Rappi no Brasil faz parte dessa estratégia.

“O cartão tem amplo potencial de crescimento e um diferencial importante nos benefícios oferecidos. A Visa agregou mais valor ao produto, para promover ainda mais conveniência, benefícios e segurança, para reforçar a parceria com a Rappi, que se estende em toda a América Latina”, conta Fernando Pantaleão, vice-presidente de Vendas e Soluções para o Comércio da Visa do Brasil.

Enfim, gostou da notícia?

Então, nos siga em nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Assim continuará acompanhando artigos sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, empréstimos e tudo relacionado ao assunto de fintechs.