Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Empréstimo Caixa sem consulta ao SPC e Serasa: como ser aprovado?

Confira as duas modalidades que liberam crédito até para negativados.

0

Não é surpresa que os brasileiros têm procurado cada vez mais empréstimos pessoais em meio à crise do coronavírus. Isso porque, em meio à situação econômica atual, muitas pessoas se viram sem renda para quitar até suas contas mais básicas. No entanto, para pessoas negativadas, existem algumas complicações para ter acesso a esse crédito. Porém, a Caixa permite solicitar um empréstimo facilitado e sem consulta ao SPC e Serasa. Quer saber mais? Continue a leitura!

É provável que você também goste:

Nubank surpreende clientes com aumento de limite em massa.

Aumentar o limite no Nubank por conta própria, vale a pena ou existem opções melhores?

Como declarar o saque emergencial do FGTS no Imposto de Renda 2021?

Saiba mais sobre a nova linha de crédito imobiliário da Caixa atrelada a poupança

Empréstimo Caixa sem consulta ao SPC e Serasa

Então, como explicamos, os empréstimos da Caixa Econômica Federal podem ser usados, principalmente, para quitação de dívidas; mas também servem para outros objetivos, como fazer uma vigem, investir na formação profissional, realizar algum desejo antigo, entre outras coisas. Assim, a grande vantagem das duas linhas disponíveis é que elas costumam ser aprovadas mesmo para quem está com o nome negativado. Isso porque dispensam consulta aos órgãos de proteção ao crédito.

Dessa forma, diferentemente de muitas outras instituições, a ideia da Caixa é oferecer para qualquer pessoa a chance de conseguir um empréstimo, mesmo estando com o nome sujo. E a Caixa faz isso de duas formas: a partir da opção de penhor, e também usando o FGTS como garantia. A seguir, veremos um pouco mais sobre cada uma delas.

Empréstimo na modalidade Penhor

Para começar, essa modalidade de crédito é uma das mais antigas conhecidas, em que o cliente oferece um item de valor, como joias em ouro, relógios, metais nobres, pérolas etc, em troca do empréstimo. Com isso, a quantia emprestada pela banco pode chegar até 90% do valor do bem. Além disso, depois de quitar a dívida, você pode renovar o empréstimo quantas vezes quiser, sempre nessa condição de penhor. Contudo, se as parcelas não forem pagas, a Caixa tem o direito de leiloar o bem.

A partir de garantia do FGTS

Já na segunda opção, a Caixa usa o saldo disponível em suas contas ativas e inativas do FGTS. Assim, esse valor é utilizado como garantia de pagamento, sendo resgatado pelo banco em caso de inadimplência. Hoje, a modalidade de saque-aniversário é a mais vantajosa para pedir empréstimos com garantia do FGTS.

Por fim, se você já decidiu qual empréstimo faz mais sentido para você, se por meio do Penhor ou da garantia do Fundo, basta ir até uma agência da Caixa, conversar com seu gerente e fechar o negócio.

Enfim, gostou da notícia sobre o empréstimo Caixa?

Então é só seguir o Seu Crédito Digital o YouTubeFacebookTwitterInstagram e Twitch. Assim você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos etc. Siga a gente para saber mais!

Imagem: Joa Souza / Shutterstock.com

Comentários
Carregando...