O Bolsa Família é um dos mais importantes programas sociais já criados no Brasil, e graças a ele, muitas famílias em situação de pobreza e extrema pobreza podem ter um pouco mais de dignidade. Esse dinheiro ajuda essas famílias a manterem as crianças na escola e vacinadas, já que estes são alguns dos requisitos do programa. Mas, como o beneficiário do programa social pode fazer a Consulta Pública do Bolsa Família 2020 pelo nome, NIS e CPF? Confira abaixo a resposta.

Bancos podem usar o auxílio emergencial de R$ 600 para descontar suas DÍVIDAS?

Coronavoucher: Como se cadastrar para receber o auxílio emergencial de R$ 600?

Por que Bolsonaro cortou o bolsa família de 1,3 milhão de famílias?

O que é a Consulta Pública do Bolsa Família?

Antes de mais nada, é importante lembrar que ao fazer a Consulta Pública do benefício, você fica sabendo de todas as informações sobre os valores que devem ser recebidos. Você pode fazer a consulta por estado, município e família. Além disso, é possível ver benefícios liberados, bloqueados e suspensos.

A Consulta Pública serve para proporcionar à sociedade um mecanismo de transparência. Assim, o poder público consegue obter informações sobre o benefício social. Mas, além disso, é uma excelente ferramenta para o próprio beneficiário conhecer mais informações sobre seu benefício Bolsa Família.

Ademais, a consulta pública ajuda pessoas e órgãos e empresas a determinarem políticas, tendo em vista que é possível ter uma ideia do perfil financeiro de uma determinada comunidade com base no número de beneficiários do programa social.

Golpe no WhatsApp promete R$ 350 de material escolar do Bolsa Família.

Como fazer a Consulta Pública do Bolsa Família em 2020

1. Primeiramente, acesse esse site. Como falamos anteriormente, você pode consultar por estado (UF), município ou por família. Para consultar por CPF ou NIS, escola a opção “Consulta benefícios por família”;

Consulta Pública do Bolsa Família

2. Após isso, insira o CPF ou o NIS do responsável legal pela família que você deseja fazer a consulta pública do Bolsa Família. Após, clique em “Consultar”;

Consulta Pública Bolsa Família

3. Após isso, basta conferir os resultados da sua consulta.

O que é o Bolsa Família?

O Bolsa Família é um programa de distribuição de renda para famílias em situação de pobreza e extrema pobreza criado em 2003, pelo então presidente Luiz Inácio Lula da Silva através da Medida Provisória 132, de 20 de outubro de 2003. A medida provisória foi convertida na Lei Federal 10.836, de 9 de janeiro de 2004.

Entretanto, o Bolsa Família é uma unificação de outros programas sociais, alguns deles criados ainda no governo de Fernando Henrique Cardoso. O Bolsa Família inclui o Bolsa Escola, Cadastramento Único do Governo Federal, Bolsa Alimentação , Auxílio-Gás e Fome Zero (este último do próprio Governo Lula, os anteriores de FHC).

Como ganhar Bolsa Família?

Para se cadastrar no programa, a família deve se enquadrar em alguns requisitos. O principal é que a família deve possuir renda familiar de até R$ 89 mensais (pobreza extrema), ou entre R$ 89,01 e R$ 178 por mês para pobreza (não extrema).

Se for essa sua situação, para solicitar o Bolsa Família você deve procurar a prefeitura do município ou um dos Centro de Referência de Assistência Socias (CRAS), munido dos documentos de todos os integrantes da família. Isso inclui a certidão de nascimento, RG, CPF, Carteira de Trabalho, Carteira de Vacinação dos menores de 14 anos e comprovante de matrícula escolar. O CRAS ou Prefeiruta irá repassar seus dados para o sistema do Cadastro Único dos Programas Sociais (CadÚnico). Após isso, será feita uma análise e a família será considerada apta ou inapta ao Bolsa Família.

Ao ser aprovada, o representante legal da família, de preferência a mãe de família. Após a aprovação, a família recebe um cartão de débito da Caixa. Nesse cartão, todos os meses o governo depositará o benefício da família, e o mesmo poderá ser sacado em qualquer agência lotérica, em caixa eletrônico ou agência da Caixa Econômica Federal. Além disso, é possível usar o dinheiro em estabelecimentos comerciais na função de débito do cartão.

Enfim, gostou das ideias de negócio para trabalhar em casa?

Então, siga o nosso canal do YouTube, e nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, empréstimos e matérias relacionadas ao assunto de fintechs.

Imagem por rafapress / Shutterstock