Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Cuidado! Golpistas estão oferecendo consignado do Auxílio Brasil

Apesar de ter sido autorizado, o empréstimo consignado do Auxilio Brasil ainda não foi liberado e os usuários devem ficar atentos.

0

Tempo estimado de leitura: 3 minutos

Em meio a tantas ofertas de crédito, é comum que as pessoas vejam anúncios oferecendo empréstimo consignado que permite usar o Auxílio Brasil como garantia. No entanto, os usuários devem estar atentos, pois criminosos se aproveitam da alta procura pela modalidade para aplicar golpes.

Apesar de ter sido permitido, o consignado do Auxilio Brasil ainda não foi liberado. A modalidade costuma chamar atenção de muitos usuários que acreditam se tratar de uma boa opção de crédito. Sendo assim, essas pessoas podem se tornar vítimas caso não fiquem atentas.

O empréstimo consignado é descontado automaticamente na folha de pagamento. Até o momento, essa modalidade está disponível para aposentados, pensionistas e servidores públicos.

Golpistas estão oferecendo consignado do Auxílio Brasil

Conforme já dito acima, usuários do Auxílio Brasil estão recebendo ofertas de empréstimo consignado, embora a modalidade ainda não tenha sido liberada. Essas pessoas devem ter cuidado e nunca fornecer informações, além de não confirmar os dados indicados por ligações telefônicas ou mensagens no WhatsApp.

Os criminosos se aproveitam desse fácil acesso, reúnem dados pessoais dos beneficiários e aplicam golpes em outro momento. Por isso, é importante que os usuários desconfiem das propostas e aguardem que o Governo Federal divulgue como o procedimento deverá ser realizado.

Consignado do Auxílio Brasil deve ser lançado entre agosto e setembro

De acordo com informações recentes, a previsão é que os usuários do Auxílio Brasil possam contratar o empréstimo consignado entre agosto e setembro. O jornal O Estado de São Paulo afirma que o plano do Governo Federal é atrasar a liberação da modalidade o bastante para conceder o dinheiro aos cidadãos em uma data mais próxima das eleições. 

O pleito presidencial deve acontecer em outubro. O Planalto tem em mente que liberar o dinheiro agora faria as pessoas esquecerem do presidente Jair Bolsonaro na hora do voto. Cabe destacar que, oficialmente, o governo não confirma e nem nega a estratégia.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: rafapress / Shutterstock.com

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar

Fechar