Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

INSS: aposentados terão reajuste de 10,16% e teto sobe

0

Dentro de poucos dias, o Ministério do Trabalho e Previdência e o INSS irão oficializar os percentuais de reajuste que serão pagos aos beneficiários a partir do mês de fevereiro. 

Sabemos que, aposentados e pensionistas do INSS, com benefício superior a 1 salário mínimo pago até dia 31 de dezembro de 2021, terão reajuste de 10,16%. Esse reajuste é estendido também para beneficiários que recebem por incapacidade, como o auxílio-doença. O reajuste será aplicado integralmente a todos aqueles que já estavam recebendo seus pagamentos em 1º de janeiro de 2021.

É provável que você também goste:

INSS: veja como desempregados podem contribuir para aposentadoria

Como se aposentar sem ter contribuído com o INSS?

Contribuição do INSS: confira o novo valor que você vai pagar em 2022

A correção do seguro previdenciário está equiparada ao Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), registrado de janeiro a dezembro de 2021, que visa medir o impacto da variação de preços para as famílias com renda entre um e cinco salários mínimos.

Este índice foi divulgado na tarde desta segunda-feira (10) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O reajuste também impactará o teto do INSS, que é o valor máximo tanto para os benefícios previdenciários quanto para as contribuições recolhidas à Previdência Social.

Atualmente, o teto salarial é de R$ 6.443,57, mas a partir do dia 1º de janeiro, o teto passou a ser de R$ 7.087,22.

Além disso, seguindo a medida provisória assinada pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) em 31 de dezembro de 2021, para quem ganha 1 salário mínimo, o valor já está definido em R$ 1212.

De acordo com o INSS, atualmente, 23.4 milhões de beneficiários recebem o pagamento no valor igual ao do salário mínimo. Ao todo, o instituto faz 36 milhões de pagamentos mensalmente.

Apesar do aumento acima do piso, os beneficiários que ganham o salário mínimo não terão ganho real. Cerca de R$ 2 do valor reajustado referem-se à compensação devida pelo governo no ano passado, quando a inflação ficou superior à prevista.

Aqueles que recebem mais do que o piso terão o primeiro benefício com o reajuste de 10,16%% a partir de 1º de fevereiro.

Calendário de pagamento INSS em Janeiro

Para consultar a data exata do pagamento, o segurado deve consultar o número de seu benefício e considerar apenas o o penúltimo algarismo –o INSS descarta o último dígito.

Benefícios até 1 salário mínimo

Final125 de janeiro
Final 226 de janeiro
Final 327 de janeiro
Final 428 de janeiro
Final 531 de janeiro
Final 601 de fevereiro
Final 702 de fevereiro
Final 803 de fevereiro
Final 904 de fevereiro
Final 007 de fevereiro

Benefícios superior a 1 salário mínimo

Final1 e 601 de fevereiro
Final 2 e 702 de fevereiro
Final 3 e 803 de fevereiro
Final 4 e 904 de fevereiro
Final 5 e 007 de fevereiro

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o FacebookTwitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimosfintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: rafapress / Shutterstock.com

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar

Fechar