Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Para tornar o Itaú um banco mais leve e ágil, CEO investe em tecnologia

De acordo com o CEO, a forma de deixar o banco mais leve e ágil é com investimento pesado em tecnologia.

0

Na última quarta-feira (02), o CEO do Itaú Unibanco, Milton Maluhy Filho, afirmou que possui planos importantes para o banco. Ao investir pesado em tecnologia, o CEO quer fazer do Itaú um banco mais leve e ágil. A fala foi feita durante o Itaú Day, um evento online que contou com mais de 20 mil pessoas. 

É provável que você goste também:

Samsung Itaucard bate recorde de solicitações graças à crescente busca por smartphones

Empréstimo online do Itaú Unibanco: como contratar?

Clientes têm R$ 8 bilhões para receber de dinheiro esquecido em bancos

Para tornar o Itaú um banco mais leve e ágil, CEO investe em tecnologia

De acordo com Maluhy Filho, as transformações no Itaú para torná-lo um banco mais leve e ágil já iniciaram. No entanto, segundo o CEO, “agora, precisamos dar intensidade e velocidade”.

Para comprovar sua fala, o presidente deu alguns exemplos de como o processo vem ocorrendo na prática. Já no início da sua gestão, o executivo diminuiu o nível da estrutura no alto escalão. Ou seja, eliminou cargos, tais como vice-presidentes e diretores executivos. 

Ao se referir ao time de 12 executivos, Maluhy Filho explica: “hoje, temos um comitê executivo, com mais autonomia e muito mais próximo de todas as equipes. Com muito mais capacidade e velocidade de tomada de decisão”. 

Além de falar de transformação e velocidade, o CEO abortou outras questões. Dentre elas, termos como centralidade, cultura e obsessão pelo cliente. Além disso, o presidente explorou bastante o tema da tecnologia. Para ele, esse tema atravessa todas as áreas, times e negócios do Itaú. 

Com a contratação de mais de 4 mil profissionais na área tecnológica nos últimos 12 meses, o banco está investindo pesado em tecnologia. De acordo com Maluhy Filho, a previsão é que 50% da infraestrutura do Itaú deva migrar para a nuvem até o final de 2022. 

Por fim, o presidente afirma: “precisamos construir um banco mais eficiente, mais simples, horizontal, menos hierárquico e muito mais ágil”. Ele conclui que “ isso pressupõe trabalhar cada vez mais para o cliente, escutá-lo, aprender com as críticas, ter humildade e, ao mesmo tempo, não ter medo de errar.”

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o FacebookTwitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: monticello / shutterstock.com

- Publicidade -

Comentários
Carregando...