Em dezembro de 2019, a Magazine Luiza – uma das maiores plataformas digitais de varejo do Brasil, anunciou o lançamento de sua conta digital – o Magalu Pay. O serviço, será inteiramente integrado ao superapp da empresa, e deveria estar disponível a partir de janeiro de 2020, mas até o momento ainda não foi lançado oficialmente.

É provável que você também goste:

Imposto de Renda 2020: veja como pagar menos imposto ou aumentar sua restituição

Custo de vida em São Paulo cresce quase 5%, impulsionado pela carne

Pagar à vista e não usar crédito pode piorar nota no SPC, Serasa e Boa Vista

Magalu Pay

Através do Magalu Pay, o usuário poderá fazer pagamentos, depósitos e saques nas lojas do Magalu, transferir valores, comprar produtos e serviços. Graças a uma parceria inédita com o Banco do Brasil, o usuário também poderá transferir recursos da conta corrente do banco para a carteira digital.

“Queremos que, com o tempo, o Magalu Pay se transforme em um marketplace de produtos financeiros”, diz Frederico Trajano, CEO da companhia.

A integração com o Superapp, inspirada no que já fazem algumas companhias chinesas como WeChat e Tencent, é estratégica. Atualmente, há cerca de 20 milhões de downloads e 12 milhões de pessoas usam o aplicativo mensalmente.

“O app representa um enorme potencial de aquisição de usuários, sem que seja preciso fazer novos e grandes investimentos”, afirma Roberto Belíssimo, diretor-executivo financeiro do Magalu.

No Superapp, o cliente conseguirá abrir uma conta no Magalu Pay com poucos cliques e poderá comprar nas plataformas da empresa com sua conta, além de fazer pagamentos em outros estabelecimentos, via QR Code, e pagar contas.

“Cerca de 200 000 pessoas vão a nossas lojas, todos os meses, para pagar contas. Vamos ensinar essas pessoas a digitalizar seus pagamentos”, diz Bellíssimo.

A conta digital faz parte dos esforços da empresa para aumentar a recorrência de compras e, assim, gerar crescimento exponencial. Também faz parte do propósito do Magalu contribuir para digitalizar o Brasil e os brasileiros.

A conta digital do Magalu, batizada de “Magalu Pay, ficará sob a gestão da Magalu Pagamentos LTDA, uma subsidiária pertencente à companhia, criada recentemente para desenvolver o negócio de pagamentos digitais. Além dela, a empresa também administrará o adiantamento de recebíveis dos sellers do marketplace, entre outros produtos. Ambas as funcionalidades chegam ao mercado em janeiro de 2020.

O que podemos esperar dessa conta digital?

A intenção da estratégia do lançamento do banco digital da rede varejista, é agregar soluções financeiras, incentivando os seus clientes a permanecerem dentro na Magazine Luiza, e podendo:

  • Realizar compras;
  • Efetuar pagamentos;
  • Fazer saques e depósitos;
  • Oferecer cartões, entre outros serviços.

Essa já é uma estratégia de negócios que É seguida por outras empresas varejistas, como as Lojas Pernambucanas e Via Varejo, dona da Casas Bahia e do Ponto Frio, que possuem seus bancos digitais.

Enfim, gostou da matéria?

Então, siga o nosso canal do YouTube, e nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, empréstimos e matérias relacionadas ao assunto de fintechs.