Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Marketplace Bancário: a nova estratégia dos bancos para reter clientes

Saiba tudo sobre essa nova tendência que chegou ao setor bancário.

0

Hoje em dia, o banco não é apenas e somente um banco. Para além das transações financeiras ou para deixar seu dinheiro guardado, as instituições estão buscando novas formas de manter a fidelidade de seus clientes. Sendo assim, vários bancos oferecem dentro do seu aplicativo a venda de diversos produtos e serviços, o chamado marketplace bancário.

É provável que você também goste

Serasa diz que pedidos de recuperação judicial cresceram 48,4% em maio

Magalu abre 500 vagas de emprego no novo Centro de Distribuição em São Paulo

Banco Inter muda o nome e não é mais banco, entenda o reposicionamento da empresa

Nova estratégia do marketplace bancário (loja virtual) para reter clientes

No marketplace bancário você pode comprar quase tudo. Eletrônicos e eletrodomésticos são oferecidos por meio de parcerias entre as instituições financeiras e os varejistas brasileiros. E é claro, tem a comissão do vendedor, afinal, quem trabalha de graça, né? Dessa maneira, além de fidelizar o cliente, levando-o a comprar com o cartão de crédito do banco ou no débito, os bancos ainda lucram sobre essas vendas.

E se você acha que essa modernidade é característica dos novos bancos digitais, está enganado. Os bancos tradicionais também está surfando esta onda do marketplace bancário. O Bradesco, por exemplo, está em fase de expansão do seu marketplace para todos os seus clientes. Já os bancos Itaú e Santander estão organizando suas lojas virtuais para serem lançadas nos próximos meses. 

Banco Inter foi pioneiro no marketplace bancário

Mas é claro que os bancos digitais estão nessa também. O Banco Inter, por exemplo, tem o seu superapp, inspirado na China. E essa estratégia de ser mais que um banco fez o banco Inter tirar a palavra “banco” do nome. Sim, ele é bem mais do que um banco.

Lá você pode comprar coisas para casa, contratar um seguro, fazer um investimento, contratar a operadora de celular deles, comprar comida delivery, pagar pedágio, comprar viagens ou cursos, enfim, são muitas coisas.

O marketplace bancário do Inter fez até mesmo a Stone decidir investir R$ 2,5 bilhões para comprar 4,99% do seu capital. Segundo a diretora financeira e de relações com investidores do Inter, Helena Caldeira, o marketplace já tem 1,7 milhão de clientes e gerou R$ 41,2 milhões em receita no primeiro trimestre deste ano, um total de 7,6% de tudo que o Inter ganhou.

E não é pouca coisa. O Inter já está entre os 50 maiores varejistas do Brasil, com R$ 676 milhões arrecadados no primeiro trimestre. Os produtos mais vendidos são os de telefonia, eletrônicos, eletrodomésticos e games.

Bancos tradicionais vão lançar marketplaces bancários

Já o Santander vai lançar seu marketplace bancário com alguns ajustes no programa de benefícios Esfera. A presidente do programa, Elaine Watanabe, informou que os clientes poderão em breve comprar no shopping virtual do Santander com qualquer cartão de crédito ou com o Pix, independentemente de ter ou não pontos.

Primeiramente, o marketplace será disponibilizado no site do Santander e no aplicativo Esfera, e logo depois deve ser integrado aos outros canais do Santander. A novidade deve trazer aos clientes descontos e “cashback”.

O Bradesco pretende expandir seu marketplace bancário, que hoje é voltado para os clientes de alta renda, e atingir as outras camadas também. E o next, banco digital de propriedade do Bradesco, também deve ter seu próprio shopping virtual, expandindo os “mimos”. Além do next, o Bradesco também é dono do site de e-commerce ShopFácil, mas este deve continuar independente dos bancos.

Por fim, o Itaú pretende lançar seu marketplace antes da Black Friday. E esse shopping virtual também deve se desenvolver a partir do programa de pontos do banco, da mesma forma que a estratégia do Santander.  Devem ser incluídos nesse processo o programa de fidelidade, os benefícios da Credicard, o Personnalité e o programa de assinatura iPhone para Sempre.

Enfim, gostou da matéria?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: Natee Photo / Shutterstock.com

- Publicidade -

Comentários
Carregando...