Quando o consumidor procura por crédito, como um empréstimo ou financiamento ou até mesmo um simples cartão de crédito, precisa passar pela análise cadastral. Se você não consegue crédito de jeito nenhum, e possui um bom score de crédito, saiba o que pode estar acontecendo com você, descobra os 4 prováveis motivos de você não conseguir crédito.

É possível desativar a tecnologia Contactless do cartão de crédito Nubank?

Mega-Sena acumulada em R$ 275 milhões, saiba como apostar online

Carrefour pretende captar clientes com a saída da Walmart da internet

Não possui restrições no SPC/Serasa e não consegue crédito? Conheça 4 prováveis motivos

Não consegue crédito? Pode ser seu Score de crédito

Obviamente, que o score de crédito tem sido considerado com um fator determinante. Inclusive caso queira conferir o seu score, é possível verificá-lo diretamente no site da Serasa Experian ou na Boa Vista Serviços, por exemplo. Para ser aprovado no pedido de um cartão de crédito, é importante ter pelo menos 500 pontos no seu score de crédito. Confira algumas dicas para aumentar a pontuação do seu score aqui neste artigo.

Não consegue crédito? Erros cadastrais

Não possui restrições no SPC/Serasa e não consegue crédito?
Não possui restrições no SPC/Serasa e não consegue crédito?

Ninguém imagina que este é um dos principais motivos para a reprovação na análise de crédito. Inconsistências nas informações cadastrais podem atrapalhar na análise de crédito. Portanto, informações erradas sobre emprego e renda podem ocasionar a negativa do crédito. Se você acha que ajuda na análise de crédito mentir sobre a sua renda, está equivocado. Aliás, para a maioria dos cartões de crédito, basta ter uma renda comprovada de R$ 1.000.

Aliás, quem concede crédito para você consegue verificar a sua renda aproximada de acordo com o seu consumo. Por exemplo, no SISBACEN é possível conhecer várias informações. Como por exemplo, as suas dívidas, eventuais atrasos nos pagamentos, entre outras informações de relacionamento com as instituições financeiras. Então, se você informar que a sua renda é o equivalente a dez vezes o que você ganha, será reprovado na análise de crédito.

Não consegue crédito? Perfil pessoal

Além do seu nível de renda, a sua profissão, bem como o tipo de vínculo empregatício e o seu estado civil também podem influenciar na hora de conseguir um empréstimo ou financiamento. Divorciados, por exemplo, geralmente têm de lidar com perda de renda, e com o pagamento de pensão alimentícia. Isso pode provocar descontrole financeiro e restringir o acesso a empréstimos.

Na continuidade, clientes que não possuam comprovante de renda, como vendedores que recebem salários baseados em comissões, podem ter muito mais dificuldade em obter empréstimos do que um servidor público. Ou seja, trabalhadores do setor público possuem mais estabilidade no emprego e consequentemente têm mais facilidade na obtenção de financiamentos do que profissionais autônomos.

Cadastros nos Bureaus de crédito

Ademais, na consulta ao seu CPF, as empresas podem também verificar se as informações coincidem com as que você informou no cadastro. Portanto, tente manter todos os seus cadastros atualizados, especialmente nos Bureaus de crédito, como SPC, Serasa, e Boa Vista. Verifique os seus dados cadastrais e em caso de alguma irregularidade, solicite a retificação, que pode ser online diretamente nos sites, ou até mesmo presencialmente. Caso contrário, você pode não conseguir crédito.

Enfim, gostou da notícia?

Então, siga Seu Crédito Digital no Google News. Receba em primeira mão notícias sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, financiamentos, empréstimos e tudo relacionado ao assunto de fintechs.