Estar com o nome sujo é uma situação extremamente delicada, principalmente no momento de solicitar créditos e benefícios financeiros. Quitar todas as dívidas pode ser uma tarefa difícil. Nem sempre é possível encontrar recursos para cobrir juros e arcar com as parcelas de um pagamento atrasadas. Contudo, ainda assim, algumas pessoas conseguem fazê-lo. Se você recentemente passou por uma situação parecida, necessitou de grandes esforços para por as contas em dia, e eventualmente precisou vender algum bem para isso, nós reconhecemos todo o seu esforço. Entretanto, infelizmente, em algumas situações, mesmo depois de ter o nome limpo e deixar tudo em dia, você pode continuar tendo créditos negados. A seguir, saiba a explicação!

Leia mais:

Empresa lança o primeiro cartão vegano do mundo e é sem anuidade.

Caixa vai criar nova empresa para dar microcrédito a cliente baixa renda.

Cartão de crédito do Banco Daycoval é sem anuidade e sem consulta ao SPC e Serasa.

Tem nome limpo e não consegue crédito? Veja o que fazer!

Por que isso acontece?

Se mesmo com o nome limpo você continua sem conseguir financiamentos e outras operações bancárias que consultem o nome no SPC ou Serasa, saiba que existe uma explicação. Na verdade, existem diversos fatores que podem impactar. Um deles é a sua pontuação no score – que é uma espécie de “currículo” do consumidor.  Através de uma consulta simples, você consegue descobrir a sua pontuação. Quanto mais alta ela for, indica que é um bom pagador. E com isso, as chances de conseguir um empréstimo aumentam!

Dentre os pontos analisados, está a idade, o CEP onde você mora e o seu padrão de consumo. Portanto, são realizadas análises sobre o seu perfil de consumo, levando em conta o comparativo entre a renda e quanto gasta. Ademais, se você já se endividou, ou tem grandes gastos no cartão de crédito (por exemplo), pode ter um score reduzido. Para isso, os bancos alegam que como você ficou devendo no passado, a instituição corre um risco ao te emprestar dinheiro, pois as chances de inadimplência são grandes.

Outro fator que pode pesar é o valor do crédito solicitado. Muitas vezes, a quantia é muito superior à sua renda, o que também pode ser uma justificativa para a instituição.

O que pode ser feito?

Embora se trate de uma situação extremamente desagradável, algumas medidas podem ser tomadas!

1) Converse com o gerente

Tentar argumentar e dar bons motivos para o gerente te conceder um empréstimo, parece ser uma boa alternativa. Para isso, tente negociar o valor, aumentar número de parcelas, utilizar limites de conta bancária (quando se tratar de um banco), e muito mais.

2) Reduza o valor solicitado

Se você estiver tentando um empréstimo de grande valores, tente reduzir a quantia para algo mais próximo da sua realidade. Isso poderá ajudar na aprovação.

3) Descubra outras modalidades de crédito

Se ainda assim você não conseguir, opte por empréstimos consignados ou que coloquem algum de seus bens como garantia (como o carro ou casa). Nestes tipos de empréstimo, não há consulta ao SPC ou Serasa, o que é um ponto positivo para você!

Dica

Tente uma fintech que conecta você a diferentes parceiros que oferecem crédito. Para isso, basta criar um cadastro no site da Bom Pra Crédito, que você será direcionado às melhores opções de acordo com o seu perfil de crédito.

E então, gostou da notícia?

Nos siga em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Acompanhe todas as notícias e artigos sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, financiamentos, empréstimos e tudo relacionado ao assunto de fintechs.