Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Por que Warren Buffett investiu US$ 500 milhões no Nubank?

Um fator que pode ter motivado Warren Buffett a investir no Nubank são as expectativas com a expansão da companhia.

0

Na última terça-feira (08), o Nubank anunciou o aporte de US$ 500 milhões da Berkshire Hathaway, empresa de Warren Buffett. Esse investimento faz parte de uma rodada de aplicações iniciada em janeiro. A partir dessa captação, a fintech arrecadou no total R$ 1,15 bilhão. Mas, afinal, por que Warren Buffett investiu tanto dinheiro no Nubank?

É provável que você também goste:

Banco BV diz que Selic vai chegar a 6,5% no início de 2022

Nubank, Next, Banco Inter e muito mais: 6 Contas digitais que oferecem empréstimos

Após aporte de US$ 500 milhões, Nubank já vale mais que a XP e o BB

Por que Warren Buffett investiu US$ 500 milhões no Nubank?

Em 2020, o Nubank registrou um prejuízo de R$ 230 milhões. No entanto, a lógica de uma startup é diferente do que o investidor brasileiro espera. As startups costumam investir mais do que recebem. Isso acontece porque elas procuram aumentar rapidamente a base de clientes e a faturação.

Por conta disso, perdas nos primeiros anos são comuns. Dessa forma, investidores anjo, ou das séries A, B e C, estão acostumados com esse processo. Sendo assim, esse “prejuízo” não é algo que possa desmotivar Buffett. 

Um fator que pode ter motivado Warren Buffett a investir no Nubank sem dúvida são as expectativas com a expansão da companhia. De acordo com o fundador e CEO da fintech, David Vélez, abrir uma IPO no Brasil não é prioridade do banco.

Contudo, a entrada de um investidor como Warren Buffett possui relação com os planos futuros do Nubank, bem como com a realização de um evento de liquidez, ocasião na qual o dinheiro retorna ao investidor. Esse retorno pode ocorrer de duas formas: venda da empresa ou abertura de um IPO. 

Estima-se que a abertura de um IPO ocorra nos Estados Unidos por conta da credibilidade da marca de Buffett. Além disso, os americanos costumam investir em empresas que projetam um lucro no futuro, sem garantia imediata. 

Clientes do Nubank

Recentemente, o Nubank alcançou a marca de 40 milhões de clientes no Brasil. Entretanto, existe agora a possibilidade de haver uma saturação no mercado nacional. Dessa forma, uma das saídas da fintech pode ser a expansão global do banco, que já está ocorrendo. 

Por fim, vale ressaltar que a companhia tem dois ativos valiosos. O primeiro é um modelo de negócios replicável, no qual a mesma fórmula pode ser usada em outros lugares do mundo. E, em segundo lugar, um modelo de negócios escalável, no qual o crescimento de contratação não é necessariamente o mesmo da expansão da empresa. 

Enfim, gostou da matéria?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: Kent Sievers / Shutterstock.com

- Publicidade -

Comentários
Carregando...