Durante boa parte do mês de março, o silêncio de uma das fintechs mais populares, o Nubank, sobre seu posicionamento perante a pandemia de coronavírus, incomodou muita gente, principalmente em relação a possíveis mudanças na política de pagamentos. No dia 25 de março, porém, a startup se pronunciou e divulgou as primeiras medidas.

É provável que você também goste:

Bolsonaro finalmente dá data para início do pagamento do auxílio emergencial de R$ 600

Banco Inter vaza lista de e-mails de centenas de clientes.

Saiba como trabalhar no Nubank em 2020.

Entre elas, está a disponibilização de uma verba de R$ 20 milhões para auxiliar seus clientes em diferentes áreas, desde alimentação até atendimento psicológico. Para isso, o banco conta com parceiros como iFood, Rappi, o hospital Sírio-Libanês, entre outros. No entanto, nada foi dito sobre mudanças na política de pagamentos do Nubank.

Nubank já se posicionou sobre pagamentos em meio à pandemia?

Até o momento, a política de pagamentos do Nubank durante a pandemia continua a mesma: boletos não serão adiados, as faturas devem ser pagas no mesmo prazo e as cobranças de taxas e juros para parcelamento de fatura permanecem iguais.

Hoje, no primeiro mês de atraso, é possível fazer o pagamento do valor mínimo da fatura e ter o cartão desbloqueado. O restante do valor, entretanto, vai para o rotativo, com cobranças de juros de, no máximo, 14% ao mês mais IOF (Imposto sobre Operações Financeiras).

Por outro lado, para quem já fez esse pagamento mínimo anteriormente, a regra é outra. O pagamento mínimo ainda desbloqueia o cartão, mas acarreta um parcelamento automático do restante do valor em 9 vezes, com 7,90% de juros mensais.

E se eu não fizer o pagamento mínimo? O que acontece?

Sem a mudança da política de pagamentos do Nubank durante a pandemia, isso também continua igual. Assim, caso você não faça o pagamento mínimo da parcela até o vencimento, o Nubank considera que você está em atraso com sua fatura. Com isso, são cobrados os juros rotativos, de no máximo 14% ao mês, os juros moratórios de 1% IOF e uma multa de 2%.

Caso tenha dúvidas sobre a cobrança de taxas e juros em sua parcela, o Nubank disponibiliza todas essas informações abaixo do resumo da sua fatura, em detalhamento enviado por e-mail mensalmente.

O banco ainda vai se posicionar?

Com certeza os clientes do Nubank estão ansiosos e cobrando uma posição da empresa sobre a política de pagamentos durante a pandemia. Porém, por ora, nada foi dito, além do comprometimento da empresa com seus clientes e da liberação dos R$ 20 milhões de verba.

Para saber em primeira mão as mudanças na política de pagamentos do Nubank durante a pandemia, continue acompanhando nosso portal. Assim que uma posição for dada, traremos mais informações sobre o assunto.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Imagem: Beto Chagas, via Shutterstock.