Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Presidente do Banco do Brasil apoia privatização do banco

0

Durante reunião com deputados da comissão do Congresso que monitora ações econômicas relacionadas à pandemia de coronavírus, Rubem Novaes, presidente do Banco do Brasil, causou polêmica. Conforme dito por Rubem Novaes, no momento atual, há realmente uma dificuldade dos bancos em oferecerem crédito a pequenos empresários. Além disso, ela também defendeu a privatização do Banco do Brasil. Veja mais detalhes nessa matéria.

É provável que você também goste:

Bolsa Família vai acabar e governo vai criar o Renda Brasil

Abono emergencial de Natal para aposentados do INSS pode ser liberado esse ano

Pelo 2º ano consecutivo, Nubank é eleito o melhor banco do Brasil pela Forbes

Presidente do Banco do Brasil apoia privatização

Na reunião que foi realizada na última segunda-feira (8), Novaes admitiu desinteresse dos bancos em oferecer crédito a pequenos empresários e defendeu privatização do Banco do Brasil. De acordo com o presidente do Banco do Brasil, o crédito para pequenas empresas não seria uma “demanda saudável”. “E não é uma demanda saudável. É a demanda dos desesperados. Não é uma demanda para produzir, não é uma demanda para vender, não é uma demanda para investir”, declarou Novaes.

Em relação à possibilidade de privatizar o Banco do Brasil, Novaes afirmou que essa mudança poderia principalmente tornar o processo decisório mais ágil, tornando o banco mais competitivo. Conforme Novaes, “A minha dúvida é se, com as amarras que nós temos do setor público, vamos ter velocidade de transformação que nos permita uma adaptação a esse novo mundo. Eu sinceramente desconfio que não. Hoje, o Banco do Brasil, apesar de ser extremamente eficiente, ter um pessoal extremamente qualificado e dedicado, concorre com os outros bancos com bolas de chumbo amarradas aos pés. As decisões são todas demoradas, têm que passar por TCU, Sest, Secom, CGU…”

As declarações defendendo a privatização do Banco do Brasil sem dúvida geraram reações em alguns deputados. Reginaldo Lopes (PT-MG), por exemplo, discordou afirmando que o Banco do Brasil, como banco público, tem papel importante no desenvolvimento da economia brasileira. Mauro Benevides Filho (PDT-CE) contestou Novaes afirmando que os diversos títulos recebidos pelo banco sugerem que ele não deveria ser vendido, pois o banco seria eficiente.

Empréstimos

Sobre os empréstimos para pequenas empresas, Rubem Novaes ainda disse que o Banco do Brasil está fazendo a sua parte e que já prorrogou quase R$ 25 bilhões de empréstimos de pequenas e médias empresas. No entanto, os novos créditos atingiram pouco mais de R$ 8 bilhões.

A diretoria do banco confirmou um questionamento do relator, deputado Francisco Jr (PSD-GO): clientes que não pagaram as suas dívidas há menos de 5 anos não terão acesso a crédito novo no BB, mesmo na situação atual. Novaes explicou que os bancos buscam a rentabilidade.

Conforme Novaes, “é muito difícil atingir o pequenininho. O custo de servir, o custo de atingir o pequeno geralmente não compensa para o sistema bancário. O banco passa a ter outras atividades que o remuneram melhor. Se tem uma atividade com menor atratividade, o banco vai buscar aquilo que lhe interessa mais fazer, é natural”.

O presidente do Banco do Brasil disse que o Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe) deve decolar agora porque o governo vai garantir 85% do prejuízo dos créditos não pagos.

O relator da comissão mista, deputado Francisco Jr., reclamou que vários requerimentos de informação dos parlamentares não estão sendo respondidos pelo governo. O presidente da comissão, senador Confúcio Moura (MDB-RO), disse que vai ligar para as autoridades responsáveis para cobrar as respostas.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o Facebook, Twitter e Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Fonte: Agência Câmara de Notícias

Imagem destacada: Cleia Viana/Câmara dos Deputados (Arquivo)

Comentários
Carregando...