Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Quando alguém morre, quem paga as dívidas do falecido?

Dívida pode ficar a critério dos credores.

0

Muitas pessoas têm dívidas que foram deixadas por falecidos. A dúvida é se são os parentes que possuem a obrigação de quitá-las ou, se em casos de herança, a mesma pode ser utilizada como forma de pagamento.

É provável que você também goste:

Mercado eleva projeção de inflação e prevê Selic a 5% ainda em 2021

Itaú lança número de WhatsApp exclusivo para negociação de dívidas

É possível que dívidas pagas continuem negativadas no SPC e SERASA?

Afinal, qual é o desfecho para os débitos pendentes de uma pessoa que faleceu?

Em casos em que a herança tem valor menor que o da dívida, ele não deverá ser pago por nenhum dos parentes do falecido. Dessa forma, o prejuízo ficará a critério dos credores.

Se o débito se tratar de crédito consignado, automaticamente ela deixará de existir, já que esse empréstimo é direcionado apenas para pessoas idosas.

Já em situações em que o valor da dívida é menor que a herança, após paga, o restante do dinheiro retorna para seus herdeiros.

Então quem pagará as dívidas, se a família não possuir condições?

Por fim, de acordo com o artigo 792, fica claro que os parentes não possuem nenhuma obrigação de realizar a quitação, pois toda a herança que tiver sido deixada será utilizada para o pagamento da dívida em aberto do falecido.

Ainda assim, mesmo que o valor da herança não consiga cobrir o da dívida, os parentes não precisam se preocupar, pois todo o valor deve ser coberto pelos credores.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então é só seguir o Seu Crédito Digital no YouTubeFacebookTwitterInstagram e Twitch. Assim você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos etc. Siga a gente para saber mais!

Imagem: rafastockbr/shutterstock.com

Comentários
Carregando...