Muitas pessoas passam pelo mesmo problema que eu tinha no ano passado: Negativada na Boa Vista, SPC e Serasa, não podia realizar meus sonhos, como ter um cartão de crédito ou um financiamento imobiliário. Se você também está vendo seus sonhos esbarrarem no seu CPF negativado, aqui eu vou contar como eu, em apenas um ano, limpei meu nome e aumentei o meu score de 100 e poucos pontos para 733 pontos. Dentre minhas conquistas, estão um financiamento imobiliário aprovado pela caixa de R$ 100.000 e crediário e cartão de crédito aonde eu quiser, inclusive no famoso Nubank. Quer saber o que eu fiz? Então siga lendo, pois aqui vou te contar cada detalhe.

Truque para remover restrição no SCR após limpar o nome no SPC e Serasa

Bancos tradicionais como Bradesco, Itaú e Banco do Brasil vão fechar mais de 1200 agências até o final de 2020.

Clientes do Nubank já economizaram R$ 20 milhões utilizando a antecipação de pagamento de parcelas.

Confira o nosso vídeo sobre esta matéria:

Mas antes, vamos dar uma olhada na situação do Brasil, para você saber que não é o único com problemas. Claro, dentre os motivos destes números alarmantes que vamos compartilhar e analisar logo abaixo, obviamente tem relação com as recentes crises políticas e econômicas que enfrentamos em nosso país. Todos sabemos que o aumento do desemprego e a inflação resultaram na redução da renda, e consequentemente, na maior inadimplência.

É provável que você também goste:

Polishop e Itaú se unem para lançar novo cartão de crédito que dá até 5% de dinheiro de volta nas compras.

13° do INSS vai começar a ser pago para mais de 30 milhões de pessoas, confira as datas de saques.

Quais são os 5 maiores concorrentes do cartão de crédito do Nubank?

Como saí do CPF negativado ao score de 733 pontos e consegui o Nubank

Brasileiro precisa se educar financeiramente para não ter o CPF negativado

Mas, para além desses problemas, há outros motivos que levam a inadimplência: A falta de educação financeira do povo brasileiro colabora, e muito, para os novos recordes no número de inadimplentes, e esse era um dos motivos pelo qual eu fiquei negativada. Aqui, vou mostrar como fui do CPF negativado ao Nubank, aumentando rapidamente meu score de crédito.

Boa parte dos negativados tem pequenas dívidas. E se você é mais um desta estatística, assim como eu era até meados de 2018, abaixo vou explicar algumas táticas e organização financeira que me levaram, em apenas um ano, de negativada na Boa Vista, no SPC Brasil e Serasa Experian, à uma cliente do cartão de crédito digital Nubank, famoso por ser difícil de conseguir.

Cartão de crédito Nubank

Mas antes, vamos saber um pouco mais sobre quem são os negativados brasileiros.

Número de pessoas com o CPF negativado atinge marcas históricas

Mais de 40% da população adulta do país, ou seja, 63,4 milhões de pessoas, estão com o CPF negativado, segundo dados da Serasa Experian. A maioria desses inadimplentes tem dívidas com cartões de crédito e produtos bancários (28,6%), que são facilmente negociáveis. Os outros produtos e serviços em que os brasileiros estão endividados são os setores de utilidades (20,2%), telefonia (12,1%), comércio (11,7%), serviços (10,5%), financeiras e leasing (: e 6,8% para outros produtos/serviços.

E desses inadimplentes, 23 milhões de inadimplentes, que representam mais de um terço do número total (36,1%) têm dívidas de até R$ 500. Isso nos mostra que, embora pareça que a situação do Brasil é alarmante, na verdade, bastaria um pouco de educação financeira para reverter em muito a situação, e milhares de pessoas poderiam ter crédito novamente.

Educação financeira pode resolver o CPF negativado

educação financeira

Um dos grandes motivos de uma pessoa acabar tendo seu CPF negativado nos cadastros da Boa Vista, SPC Brasil e Serasa Experian, fora os fatores econômicos que citamos (como desemprego), é a falta de educação financeira. Muitas vezes, as pessoas gastam mais do que ganham, e consequentemente, não conseguem honrar seus débitos.

Outro problema comum é que o consumidor não reflete sobre as taxas de juros de um empréstimo, por exemplo, e em vez de usar alternativas mais em conta, acabam optando por empréstimos com altas taxas de juros. Aqui vou listar as melhores dicas para você limpar seu nome e subir seu score rapidamente, mas, antes disso, vamos entender como o sistema financeiro sabe se você é um bom ou mau pagador, que é o score de crédito.

O que é o score?

Score de crédito é a pontuação dada pelos órgãos de proteção ao crédito, como Boa Vista, SPC e Serasa, e o score interno de instituições financeiras. Com base em todo seu histórico de compras, dívidas e relações com os bancos e outras instituições financeiras, esses órgãos elaboram uma pontuação de 0 a 1000, aonde 1000 é a pontuação do cliente mais adimplente, enquanto 0 é para o cliente mais inadimplente, ou seja, que não paga suas contas corretamente.

score de credito

  • 0 e 300 pontos: alto risco de inadimplência
  • 301 a 700 pontos: médio risco de inadimplência
  • 701 e 1000 baixo risco de inadimplência

São vários fatores considerados nesta pontuação, como se você paga suas contas, se alguma vez já esteve no SPC/Serasa/Boa Vista, se você costuma atrasar suas contas, se você tem conta em bancos e cartão de crédito (e o quanto os movimenta), crediários, financiamentos, empréstimos, a sua renda e o quanto você costuma gastar por mês, e por aí vai. Tudo que você gasta e todas as suas contas (registrados no seu CPF) podem influenciar seu score, seja positivamente ou negativamente.

O score existe para ajudar lojas, comerciantes, bancos e qualquer instituição ou empresa que venda um produto ou serviço a saber se um cliente é um bom ou mau pagador, e assim decidir se vale a pena ou não dar crédito a este cliente.

Os principais motivos que fazem o seu score de crédito diminuir

Limpe o seu CPF negativado o quanto antes

É o motivo mais óbvio, mas é assim que as pessoas acabam ficando com o CPF negativado: Deixando de honrar seus débitos. Como citamos anteriormente, há fatores externos, como o desemprego e a inflação, que fazem com que a pessoa não consiga pagar as dívidas que assumiu.

Mas um grande problema de muitas pessoas com CPF negativado atualmente é a falta responsabilidade com as dívidas. Isso mesmo, as pessoas parecem não se importar com suas dívidas, e na maioria das vezes, não medem as consequências quando deixam de pagar. O que acontece depois é que a pessoa sente falta do seu crédito, da possibilidade de fazer cartões, comprar à prazo e até mesmo fazer financiamento imobiliário ou de automóvel. E aí, aquela dívida que era pequena, acaba se tornando uma bola de neve, isso porque são acrescentados os juros. Então, a dívida que era de menos de R$ 1000, e facilmente renegociável, se torna algo muito maior que isso.

Por isso, se você está negativado por uma dívida pequena, RENEGOCIE o mais breve possível. Pode ter certeza que no futuro, você vai precisar ter o nome limpo, seja para um financiamento ou para parcelar uma compra, e seu crédito fará toda a diferença na sua vida.

Como eu deixei de ter o CPF negativado?

Por exemplo, eu tinha algumas dívidas, e em um primeiro momento tive meu CPF negativado por falta de dinheiro. Mas isso não foi resolvido por pura irresponsabilidade minha, após resolver meus problemas financeiros. Eu tinha dinheiro para renegociar, mas acabava deixando assim mesmo. Até conseguia viver sem cartão de crédito, comprando tudo a vista, mas muitas vezes acabava deixando de comprar produtos que eu queria por não ter como parcelar. Porém, o momento em que senti a necessidade de limpar meu nome e voltar a ter um score bom foi quando quis comprar um apartamento. Eu não tinha o valor para pagar à vista, então não tem jeito: É preciso fazer um financiamento bancário. Mas como você pode imaginar, não é possível ter um financiamento aprovado se seu nome estiver sujo.

Neste momento eu me arrependi amargamente da minha falta de responsabilidade com as minhas finanças, e deixar meu CPF negativado mesmo tendo condições de resolver. Foi aí que comecei a correr atrás do prejuízo. A primeira coisa é óbvio, corri atrás dos meus credores para renegociar minhas dívidas. Feito isso, com nome limpo, comecei a trabalhar meu score para que ele subisse. E é agora que eu conto o resto da história, como você pode conferir no próximo tópico.

10 coisas que fiz para ir do CPF negativado ao score de 733 pontos em um ano

Abaixo, estão minhas 10 dicas para que, mesmo pouco tempo depois de limpar o CPF negativado, você consiga ter um score mais alto.

1. Pague suas contas em dia para evitar o CPF negativado

Essa é provavelmente a dica mais importante em relação a um bom score de crédito. Pague suas contas SEMPRE DENTRO DO PRAZO, e se possível, pague adiantado.

2. Use o seu cartão de crédito

pague no cartao de crédito score

Essa dica é a que mais impactou no meu score de crédito. Quando você tem um cartão de crédito, use ele o máximo possível, pois se você gastar e pagar sempre, mostrará ao sistema financeiro que tem dinheiro, e sendo assim, pode pagar suas contas sempre. A regra é usar pelo menos 30% do limite do seu cartão, mas quanto mais, melhor (lembrando sempre de pagar em dia)

3. Evite parcelar a fatura do cartão

Assim como é importante pagar em dia, também é importante sempre pagar a fatura integral. Evite ao máximo parcelar a fatura, pois além dos altos juros, isso interfere negativamente no seu score.

4. Evite parcelar suas compras

Outra dica que poucos conhecem, mas que faz diferença no seu score, é evitar os parcelamentos no cartão de crédito, pois isso compromete sua renda.

5. Tenha contas no seu nome

É fundamental que você mostre ao sistema financeiro aonde gasta seu dinheiro, por isso, tenha o máximo de contas possíveis no seu nome, se você está querendo aumentar seu score. Deixe no seu CPF a conta de água, luz, condomínio, etc.

6. Cuidado ao solicitar crédito

evite muitos cartões de crédito

Essa dica vai além do cartão de crédito. Aqui, falamos de todos os tipos de crédito, o que inclui empréstimos, financiamentos, etc. Solicite crédito de forma moderada, pois cada vez que uma empresa consulta o seu CPF, isso impacta no seu score de forma negativa.

7. Não tenha tantos cartões de crédito

O ideal é ter apenas o crédito que você vai gastar, portanto, se você ganha por exemplo R$ 2000, tome cuidado para que a soma de todos os seus cartões de crédito não passem muito do que você pode gastar.

8. Cuidado com o limite do cartão

Esta dica vai de encontra à dica acima, que é a administração do seu crédito. Não ajuda ter mais crédito do que você usa, então não peça limite que não vai usar. Vale recusar o aumento de limite também se a própria empresa do cartão oferecer. Não tenha mais crédito do que precisa.

9. Movimente sua conta bancária

Movimente sua conta bancária para aumentar o score

Os bancos tem um score de crédito interno, e repassam as informações ao SPC/Serasa/Boa Vista. É ótimo ter um bom relacionamento com o banco e, se possível, ter um dinheiro guardado ou investido. Se você tem mais de uma conta bancária, é importante movimentar elas. Uma coisa que eu faço e dá certo é passar o dinheiro de uma conta para outra. Deixo pelo menos alguns dias, apenas para movimentar e ter um bom relacionamento com o banco.

Superdica para não reduzir seu score ao pedir cartão de crédito

10. Faça o Cadastro Positivo

Faça um cadastro positivo na Serasa Experian e na Boa Vista, e sempre que mudar algo, como endereço, atualize as informações nestas plataformas.

Outra dica também é excluir o histórico de consultas no CPF para aumentar o score.

E então, você já está correndo também para deixar de ter o CPF negativado, ser um bom pagador e conquistar seus sonhos com um score alto? Conhece outros métodos que funcionam para você? Conte para nós nos comentários!

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga o nosso canal do YouTube, e nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.