Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Valores a receber do BC: próxima fase contará com mais de 7 tipos de dinheiro esquecido

0

Segundo o Banco Central (BC), o sistema de consulta aos valores esquecidos em instituições financeiras deverá reunir mais 7 situações diferentes na próxima etapa de liberação.

Os indivíduos poderão consultar os novos dados nas fases seguintes, que estão previstas para maio deste ano. 

Para a primeira fase, a estimativa do BC é que tenha R$ 4 bilhões a serem devolvidos a 28 milhões de pessoas. O número de consultas realizadas no site Valores a Receber já ultrapassa 100 milhões.

É provável que você também goste:

Nubank fora do ar? App da fintech passa por instabilidade nesta sexta-feira (4)

Dinheiro esquecido: veja o que não está incluso no sistema Valores a Receber

Como consultar “dinheiro esquecido no banco” de familiares que já faleceram?

Quais são os dados reunidos na fase atual

Nessa primeira fase, o sistema de consulta de quantias esquecidas conta com 4 dados, sendo eles:

  1. Contas (corrente ou poupança) encerradas com saldo disponível;
  2. Cotas de capital e rateio de sobras líquidas de beneficiários e participantes de cooperativas de crédito;
  3. Recursos não procurados relativos a grupos de consórcio encerrados;
  4. Tarifas e parcelas ou obrigações relativas a operações de crédito cobradas indevidamente, desde que a devolução esteja prevista em Termo de Compromisso assinado pelo banco com o Banco Central.

Quais serão as próximas 7 situações incluídas no sistema de Valores a Receber

 Os próximos 7 tipos de situações inclusos no sistema de Valores a receber são:

  1. Contas de pagamento pré-paga e pós-paga encerradas com saldo disponível;
  2. Contas de registro mantidas por sociedades corretoras de títulos e valores mobiliários e por sociedades distribuidoras de títulos e valores mobiliários para registro de operações de clientes encerradas com saldo disponível;
  3. Entidades em liquidação extrajudicial;
  4. Fundo Garantidor de Créditos (FGC);
  5. Fundo Garantidor do Cooperativismo de Crédito (FGCoop);
  6. Parcelas ou obrigações relativas a operações de crédito cobradas indevidamente, não previstas em Termos de Compromisso assinados pelo banco com o Banco Central;
  7. Tarifas cobradas indevidamente, não previstas em Termos de Compromisso assinados pelo banco com o BC.

Todas essas situações estão previstas na resolução BCB N° 98, de 1º de junho de 2021.

Como saber se há valores esquecidos para sacar?

A consulta ao sistema Valores a Receber deve ser realizada no site valoresareceber.bcb.gov.br. É necessário informar o Comprovante de Pessoa Física (CPF) ou Comprovante de Pessoa Jurídica (CNPJ), além da data de nascimento ou de criação da empresa. 

É informado no próprio site em qual data o valor poderá ser visto e quando a solicitação de transferência da quantia pode ser realizada.  

Portanto, as pessoas físicas e jurídicas devem seguir o calendário criado pelo sistema, onde 3 períodos foram definidos. Veja como é o cronograma. 

Data de nascimento ou de criação da empresaPeríodo de agendamentoData da repescagem para quem perdeu o período de agendamento 
Antes de 19687 a 11 de março12 de março
Entre 1968 e 198314 a 18 de março19 de março
Após 198321 a 25 de março26 de março 

Fique atento aos golpes

Muitos criminosos têm se aproveitado do interesse das pessoas em resgatar os valores esquecidos e passaram a aplicar golpes financeiros por meio das redes sociais e aplicativos de mensagem. 

O Banco Central não entra em contato para confirmar dados pessoais ou quaisquer outras informações em relação ao dinheiro esquecido. Portanto, a única forma de saber se há ou não quantias para ser resgatadas é acessando o site criado para isso.

Além disso, é preciso estar atento aos possíveis golpes e estranhar mensagens enviadas com a assinatura do Banco Central. 

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o FacebookTwitterTwitchInstagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimosfintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: Alison Nunes Calazans / Shutterstock.com

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar

Fechar