Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Qualquer empresa poderá se transformar em uma fintech

Confira trechos de entrevista do CEO da Movile sobre o assunto.

0

De acordo com o CEO do Grupo Movile, Patrick Hruby, no futuro, toda empresa deve se tornar uma fintech. Isso porque os serviços financeiros estarão plugados a todas as empresas presentes no mundo digital. Dessa forma, toda empresa terá um pouco de fintech e os bancos devem perder de vez o monopólio dos serviços financeiros. A declaração foi dada em uma entrevista para a revista Época.

Atualmente, a Movile é dona de companhias como iFood, Playkids, Sympla e Afterverse, e deposita na investida Zoop suas esperanças nesse setor. Além disso, é ela quem gerencia os serviços financeiros dentro do app do iFood, por exemplo.

É provável que você goste também:

IBGE: percentual de desocupados no Brasil chega a 14,7%

57% dos brasileiros com acesso à internet têm conta em banco digital

BTG avança no terreno de agentes autônomos de investimentos

CEO da Movile fala sobre Inteligência Artificial 

De acordo com Patrick, outra grande aposta é a inteligência artificial (IA). Se hoje a tecnologia já ajuda as empresas da Movile a entregar experiências mais personalizadas para o usuário, ele acredita que o próximo passo é criar serviços do zero, com base na IA.

Quando a gente fala de inteligência artificial as pessoas pensam em robôs invadindo o mundo, mas ela acontece de forma mais prática. Por exemplo, em entender as rotas dos entregadores e oferecer rotas que façam mais sentido, para que ele tenha um rendimento maior ao final do dia, e para que o consumidor tenha o seu alimento ou mercado mais rápido e mais fresco na sua casa”.

Patrick Hruby, CEO do Grupo Movile

Com isso, segundo Hruby, o uso da IA está muito presente em serviços como o iFood, por exemplo. “Em como a gente faz o roteamento, a escolha de um entregador versus o outro, ou qual restaurante sugerir para uma pessoa que abre o aplicativo, versus a outra, a depender do histórico de utilização e de compras daquele consumidor”, conclui.

Fintechs encaram pandemia de forma diferente

Por fim, de acordo com Patrick, pensando nas empresas que integram o grupo Movile, como o iFood, cada empresa foi afetada de uma maneira diferente. “Tivemos empresas que estão melhores hoje do que estavam no começo da pandemia, mas temos empresas que foram afetadas de forma mais negativa”, disse.

Porém, ele afirmou que algumas tiveram um impacto bem negativo. É o caso da Sympla, por exemplo, “É uma empresa de eventos e os eventos até agora não voltaram. A companhia conseguiu se reinventar e fazer conteúdos online, eventos sob demanda e conteúdos remotos. Mas isso é uma oportunidade que ainda está em construção”, concluiu.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Assim, é só seguir o Seu Crédito Digital no YouTubeFacebookTwitterInstagram e Twitch. Contudo, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos etc. Siga a gente para saber mais!

Imagem: Fit Ztudio / Shutterstock.com

- Publicidade -

Comentários
Carregando...