A partir das 9h de hoje (dia 10/02/2020), foi liberada pela Receita Federal a consulta à restituição do IR que caiu na malha fina. O lote é referente a restituições de 2008 a 2019 que caíram na malha fina, porém foram devidamente regularizadas.

É provável que você também goste:

Brasileiro investe cada vez mais em previdência privada após reforma da Previdência

Será que Bolsonaro diminuiu valor dos impostos federais dos combustíveis?

Imposto de Renda 2020: veja como pagar menos imposto ou aumentar sua restituição

Mais de 116.000 contribuintes receberão o valor da restituição em suas contas, em um total de R$ 297 milhões. Esses valores depositados sofreram correção de acordo com a taxa Selic. O depósito será realizado no dia 17/02/2020, na conta bancária que o contribuinte indicou ao fazer a declaração do Imposto de Renda.

Alguns dados sobre os contribuintes que receberão as restituições do IR: 2.851 têm mais de 80 anos, 14.541 têm idade entre 60 e 79 anos e 6.052 são professores (ou seja, exercem o magistério como principal fonte de renda). Além disso, 1.838 são deficientes ou possuem alguma doença grave.

Onde fazer a consulta à restituição do IR?

Para verificar se você foi um dos contribuintes que teve a restituição do IR liberada, você pode fazer uma das seguintes alternativas:

Caso seu dinheiro não entre na conta e você tenha direito, você deve procurar uma agência do Banco do Brasil ou entrar em contato por telefone. Os números disponíveis são os seguintes:

  • 4004-0001 (capitais)
  • 0800-729-0001 (demais localidades)
  • 0800-729-0088 (para deficientes auditivos).

Enfim, gostou da matéria?

Então, siga o nosso canal do YouTube, e nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, empréstimos e matérias relacionadas ao assunto de fintechs.

Imagem: rafapress, via Shutterstock.