Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Nome negativado: dívidas com mais de 5 anos realmente deixam de existir?

Confira mais sobre a prescrição de dívidas no SPC e Serasa

0

Se você já esteve em dívida com órgãos como SPC/Serasa, ou conhece alguém que passou por essa situação, certamente já deve ter ouvido falar sobre a tal “prescrição”, ou de dívidas “caducadas”. Ou seja, se você não pagar uma dívida, em cinco anos ela prescreveria, e você não teria mais obrigação de quitá-la. Porém, é possível que você tenha algumas dúvidas sobre o tema. Uma delas é: dívidas com mais de 5 anos realmente deixam de existir? Veja a seguir.

É provável que você goste também:

Como saber se você foi aprovado no cartão de crédito do Mercado Pago

Fique ligado: Prazo para contestação do auxílio emergencial negado é até segunda (12)

Será que vale a pena parcelar compra única, depois de comprar no Nubank?

Nome negativado: dívidas com mais de 5 anos realmente deixam de existir?

Então, em primeiro lugar, é preciso dizer que sim, se a dívida não for paga dentro do prazo de 5 anos, ela caduca, como dizemos popularmente. Assim, ela sai da lista dos serviços de proteção ao crédito, como Serasa, SPC ou Boa Vista SCPC, e seu nome fica limpo. Além disso, a dívida não entra mais no cálculo do score de crédito.

Mas, isso não significa que a dívida deixe de existir. Por isso, você ainda pode negociá-la e fazer o pagamento. Outro ponto é que ela não deixa de constar no Registrato, o seu histórico financeiro no Banco Central. Em geral, os bancos e instituições consultam essas informações durante uma análise de crédito. Ou seja, dívidas caducadas, mesmo que não “sujem” o seu nome, ainda podem complicar sua vida na hora de conseguir crédito.

O credor pode cobrar dívidas com mais de 5 anos?

Sim, dívidas prescritas podem continuar sendo cobradas, mas não judicialmente. Como explicamos, a dívida não some e deve ser paga independente do tempo de atraso. Entretanto, apesar de poder ser negociada, se o credor não chegar a um acordo ou cobrar o valor da dívida por meio da Justiça, em cinco anos ela prescreve. Ou seja, o valor não precisa ser pago obrigatoriamente.

Dessa forma, é importante se atentar à cobrança de dívidas, especialmente se elas já estiverem “vencidas”. Portanto, após esse período ela é prescrita, e ele não pode mais cobrar o consumidor. Isso porque, mesmo em casos de dívidas, o consumidor ainda continua tendo direitos. Sendo assim, o credor não pode cobrar você de forma pública, utilizando as redes sociais, por exemplo, ou interromper seu horário de descanso ou trabalho com cobranças insistentes.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Imagem: Brenda Rocha – Blossom/shutterstock.com

Comentários
Carregando...