Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Quem vai pagar o consignado se a pessoa for bloqueada no Auxílio Brasil?

Confira o que diz o governo e casos em que isso acontece

0

Tempo estimado de leitura: 3 minutos

Recentemente, o governo aprovou a possibilidade de realizar um empréstimo consignado com o valor do Auxílio Brasil. E portanto, quem tiver acesso ao benefício, poderá solicitar crédito e ir pagando os valores com descontos na parcela do programa.

Em agosto, serão milhões de pessoas a receber os valores, inclusive com um aumento. Isso porque, com a aprovação da PEC das Bondades, o Auxílio Brasil passará de R$ 400 para R$ 600 até o mês de dezembro. Mas e se o auxílio for bloqueado, quem paga a dívida do empréstimo consignado?

O que acontece se o governo bloquear o seu Auxílio Brasil?

Dessa forma, para entender a situação é preciso dizer que o benefício bloqueado é uma situação até comum. Muitas pessoas, ao fazerem a consulta do Auxílio Brasil, percebem que tiveram o valor bloqueado. Mas por que isso acontece Bem, o motivo mais comum é o cadastro desatualizado no Cadúnico. Isso porque essa é a base de dados usada pelo governo para determinar quem recebe o dinheiro.

Assim, se o governo encontrar inconsistências pode bloquear o pagamento do Auxílio Brasil. Então, sempre que houver qualquer alteração nos seus dados, faça a alteração também no CadÚnico. Além disso, outro motivo é o descumprimento de algum requisito para continuar recebendo, como frequência escolar em dia e vacinação completa, por exemplo.

Nesses casos, basta resolver o problema, se for possível. No caso do cadastro, por exemplo, a atualização do CadÚnico deve ser feita presencialmente pelo Responsável Familiar na prefeitura da sua cidade.

E se por acaso você perder de vez o benefício? Até agora, o governo federal não deu nenhuma informação sobre o que acontecerá com o empréstimo consignado do Auxílio Brasil nesses casos. É provável que a dívida seja assumida pelo banco em questão, que cobrará do beneficiário, mas nada foi decidido. Além disso, pode ser possível fazer a portabilidade para outro banco, caso ofereça condições melhores.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o FacebookTwitterTwitch e Instagram. Assim, você acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de créditoempréstimosfintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: Antonio Guillem / Shutterstock.com

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar

Fechar