O Brasil vive um momento conturbado economicamente e não é de agora. Desde 2019, a taxa básica de juros (Selic) vem caindo, e pode bater um novo recorde ainda nesta semana. Na próxima quarta-feira (17) deverá ser confirmada a queda da taxa Selic de 3% para 2,25%. Desta forma, o FGTS pode render quase o dobro da poupança, se houver essa queda.

É provável que você também goste:

Trabalhador vai ter que esperar até 4 meses para sacar o FGTS emergencial

Caixa vai abrir poupanças digitais automáticas para saque emergencial do FGTS

Caixa divulga calendário oficial de saque emergencial do FGTS no valor de R$ 1.045

Com aqueda de juros, FGTS pode render quase o dobro da poupança

Se o mercado financeiro estiver certo nas previsões, a próxima reunião do COPOM (Comitê de Política Monetária), na quarta-feira, deverá confirmar a Selic a 2,25% ao ano. Isso deverá afetar significativamente outros tipos de investimento.

Por exemplo, o rendimento da poupança é de 70% da Selic, portanto, se confirmado os novos números, esse rendimento da poupança deverá cair para 1,57% ao ano. Em um cenário ainda pior, a expectativa é que a taxa Selic chegue a 2 ou 1,75% ao ano. Se isso for concretizado, a poupança renderá apenas 1,22% ao ano.

Se a Selic chegar aos 2,25% ao ano previstos, o FGTS terá quase o dobro de rendimento da poupança e ainda será maior que outras aplicações de renda fixa, pois o fundo tem rendimento de 3% ao ano. Além disso, a distribuição de lucros que o fundo faz aos cotistas anualmente é mais um fator que aumenta o rendimento do FGTS perante a poupança. Entretanto, com a crise enfrentada por conta da pandemia do novo coronavírus, ainda não é certo que teremos a distribuição de lucros para os cotistas em 2020. Esta informação deverá ser divulgada entre julho e agosto.

Rendimento do FGTS nos últimos anos

Mais abaixo, você pode conferir a rentabilidade do FGTS nos últimos três anos:

  • 2017: 7,14% ao ano.
  • 2018: 5,59% ao ano.
  • 2019: 6,18% ao ano.

Vale a pena fazer o saque neste momento?

Como já havíamos noticiado no Seu Crédito Digital, em breve o governo federal vai liberar o saque emergencial do FGTS no valor de R$ 1045.  Entretanto, ele não será voltado para quem aderiu ao saque-aniversário. Os trabalhadores com as contas ativas e inativas poderão realizar o saque, mas será que vale a pena fazer isso agora?

Com a queda da Selic, o cidadão tem que colocar na balança se vale a pena sacar a parcela do fundo agora. Se o dinheiro está faltando por conta da crise, o saque será um boa opção para quem realmente precisa. Entretanto, se você estava pensando em realizar o saque para colocar em renda fixa, talvez não seja uma boa ideia, pois, se deixar o valor no fundo, renderá mais que qualquer outro investimento de renda fixa.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Imagem: RHJPhtotoandilustration via Shutterstock