Cuidado: Golpistas invadem o WhatsApp das vítimas e pedem transferência via Pix

0

Ao mesmo tempo que a tecnologia avança cada vez mais, a ousadia dos golpistas também aumenta. E agora, com o lançamento do Pix em novembro de 2019, o sistema de pagamento instantâneo criado pelo Banco Central, muitos têm aproveitado a ferramenta para tirar dinheiro de suas vítimas com mais rapidez. O alerta foi feito pelo Procon-PR, mas se estende a todos os estados brasileiros.

Assim, segundo o Procon, o crime relacionado ao Pix funciona quando algum criminoso consegue invadir a conta do WhatsApp da vítima, mandando uma mensagem para seus contatos.

Na mensagem, eles solicitam alguma transferência via Pix. Isso acontece geralmente quando o usuário acessa algum link desconhecido ou por algum dado pessoal que disponibilizou por meio de mensagem ou ligação.

É provável que você também goste:

Bug do Pix em dobro? Cuidado, que é golpe!

Superdigital: falha no Pix permitiu roubo de dinheiro

PagBank lança CDB de 210% do CDI, assim como o PicPay.

Golpistas invadem o WhatsApp das vítimas e pedem transferência via Pix

De acordo com a diretora do Procon-PR, em entrevista ao jornal Bom dia Paraná, a tecnologia do Pix é, sem dúvida nenhuma, muito bem-vinda para facilitar a vida das pessoas. Entretanto, é preciso tomar cuidado, pois já estão aparecendo golpes através do Pix.

No caso deste golpe em específico, funciona assim: alguém invade sua conta do WhatsApp, manda uma mensagem pedindo uma transferência, se passando por você. Além disso, o serviço funciona 24 horas por dia, 7 dias por semana, e as transferências são feitas em até 10 segundos

Cuidado ao receber mensagens no WhatsApp, alerta diretora do Procon

Ainda segundo a diretora, diferentemente de outras transações bancárias, o uso do Pix requer mais cuidado, por ser uma transferência feita em um período de tempo menor e também, mais difícil de ser desfeita.

“Recebeu uma mensagem pedindo dinheiro, tome cuidado, porque reverter isso depois é muito difícil. Até porque, as transferências acontecem no espaço muito pequeno de tempo, em até 10 segundos, diferentemente do que acontecia com TED ou com o DOC”. explicou ela.

Por fim, se você receber qualquer tipo de mensagem pedindo dinheiro, desconfie. Verifique e confira se realmente é um amigo, é um parente que está pedindo. Evite levar prejuízo, pois nem sempre a ação pode ser desfeita.

Quer ficar por dentro de tudo o que rola no setor financeiro?

Então é só seguir o Seu Crédito Digital no YouTubeFacebookTwitter, Instagram, e Twitch. Lembrando que fazemos lives em todas as plataformas, todos os dias, às 20:00h. É só colar lá!

Imagem: DANIEL CONSTANTE/shutterstock.com

- Publicidade -

Comentários
Carregando...