Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Programa de desligamento voluntário do Banco do Brasil teve 5.533 pedidos aceitos

Mais de 5 mil funcionários aderiram ao programa de desligamento voluntário após protestos em janeiro de 2021.

0

Nesta segunda-feira (08/02), o Banco do Brasil (BB) informou que foram aprovadas mais de 5.533 demissões de funcionários que aderiram ao programa de desligamento voluntário.

A consequência financeira da ação será divulgada formalmente após levantamento do quarto trimestre do banco em 2020. Apesar da alta, o Banco do Brasil já esperava um resultado semelhante ao ocorrido.

A justificativa de 74% dos funcionários desligados é de que irão se aposentar em breve. Já outros 5% alegam aposentadoria em até 3 anos.

O BB informou em nota que incluiu nas verbas rescisórias a quantia referente às contribuições CASSI e PREVI por até três anos.

É provável que você também goste:

Devido à greve do BB, 88 agências não funcionaram, mas o banco mantém reestruturação

Projeto de Lei obriga venda de celular com carregador

Concurso Banco do Brasil pode ter edital divulgado em fevereiro

Programa de desligamento incentivado

Em janeiro deste ano, o Banco do Brasil lançou o chamado Programa de Adequação de Quadros (PAQ), que teve como objetivo desemparelhar setores com excesso de pessoal e enviá-los para outros com vagas disponíveis.

Junto dele, o banco lançou o Programa de Desligamento Extraordinário (PDE), que incluiu todos os funcionários que preenchiam os requisitos necessários para participar da ação.

Trabalhadores que sentissem necessidade poderiam optar pelo desligamento. A ação teve a finalidade de reduzir despesas, distribuir a força de trabalho e acabar com os excessos nas unidades para melhorar a qualidade das operações.

Em justificativa, o vice-presidente de Negócios de Varejo do BB, Carlos Motta, explicou que o avanço digital, o crescimento da concorrência e o menor patamar de juros da taxa básica, por exemplo, eram elementos de destaque para a decisão.

Vale ressaltar que os atendimentos do banco via WhatsApp alcançaram a marca de 600 mil por dia só naquela época. Isso sem dúvida fomentou os serviços digitais e acarretou na inutilização de boa parte do atendimento presencial.

Manifestações contra as reformas no Banco do Brasil

Em janeiro de 2021, funcionários do Banco do Brasil se manifestaram contra a reforma proposta pela instituição que acarretaria na demissão de 5 mil funcionários e no fechamento de 361 unidades de atendimento.

Na época, o protesto ocorreu em frente ao palácio do planalto e, posteriormente, no Twitter, por meio da hashtag #MeuBBvalemais.

O encerramento das atividades de unidades de atendimento, por outro lado, inferiu na superlotação de algumas agências. Enquanto uma fechava, outra recebia um fluxo maior de pessoas, o que dificultou o serviço dos funcionários.

Enfim, o que achou das dicas de cartão de crédito?

Então é só seguir o Seu Crédito Digital no YouTubeFacebookTwitterInstagram e Twitch. Assim você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos etc. Siga a gente para saber mais!

Imagem: Vergani Fotografia / Shutterstock.com

Comentários
Carregando...