A segunda fase do Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe) fez com que pequenas empresas recorressem em massa aos grandes bancos brasileiros. Enfim, da mesma forma como na primeira etapa, muitas instituições financeiras atingiram seu limite de crédito pela linha de crédito do governo federal em poucos dias.

É provável que você também goste:

Agora você pode pagar compras online no PayPal com débito do Nubank, Banco Inter e outros bancos

PicPay apresenta uma reclamação a cada três minutos no site Reclame Aqui

Agências do INSS vão reabrir, mas atendimento será apenas para segurados agendados. Saiba como fazer o agendamento

Pronampe: Banco do Brasil, Bradesco e Santander esgotaram limite de empréstimos

Banco do Brasil

O Banco do Brasil liberou o montante de 1,8 bilhão de reais disponíveis pelo Pronampe em apenas 3 horas de atendimento na última quinta-feira (3). A estatal atendeu exatamente 30.782 empresas, que fizeram empréstimos de 57.800 reais, em média. Considerando a somatória das duas fases, o BB já liberou 6,8 bilhões de reais para pequenas empresas. De acordo com Carlos Motta dos Santos, que é o vice-presidente de negócios de varejo, de março até este momento, o banco já emprestou 47 bilhões de reais nas linhas de crédito direcionadas para micro e pequenas empresas.

Bradesco e Santander

Primeiramente, os grandes bancos privados Santander e Bradesco não participaram da primeira fase do Pronampe, e também atingiram suas cotas de empréstimos pela linha. O Bradesco informou que apenas nas primeiras 24 horas já havia liberado a seus clientes o 1,3 bilhão de reais que tinha disponível. O Santander esgotou todos os recursos (1,3 bilhão de reais) logo no primeiro dia de operação (3/9).

Onde conseguir empréstimo do Pronampe?

Saiba como conseguir crédito do Pronampe.

Caixa Econômica Federal

A Caixa Econômica Federal ainda possui limites para operar com o Pronampe. O banco possui limite de 2,55 bilhões de reais, e havia emprestado até a terça-feira (8), aproximadamente R$ 1,8 bilhão. Por fim, a CEF anunciou também que iria destinar 50 milhões de reais do Pronampe para atender empresas com faturamento anual de até 360.000 reais.

Itaú Unibanco

O Itaú Unibanco está com o programa aberto e tem dado preferência para atender os clientes elegíveis que não conseguiram recursos na primeira leva do programa.

Não consegui Pronampe, quais as opções além dos bancos?

O governo federal espera que a segunda fase do Pronampe libere 14 bilhões de reais em créditos para as empresas. O Pronampe é um programa muito bem-sucedido da crise do novo coronavírus. Enfim, somente na primeira etapa, foram liberados 18,7 bilhões de reais em crédito para 211.000 empresas.

Todavia, existem outras possibilidades de linhas de crédito para PMEs durante a pandemia. Ademais, o Programa Emergencial de Acesso a Crédito (Peac), que é operado pelo BNDES, por exemplo, já liberou mais de 40 bilhões de reais de crédito, segundo informou o banco na terça-feira(8).

O programa tem o objetivo de ajudar empresas com faturamento entre 360.000 reais e 300 milhões de reais. Ele foi criado em junho e vai até dezembro de 2020. Até agora, mais de 52.000 empresas foram beneficiadas pela linha. A linhas de crédito é oferecida por instituições financeiras tradicionais e garantida com recursos do Tesouro. Por fim, para ajudar os empresários, o Sebrae tem reunido as principais linhas de crédito anunciadas pelas instituições financeiras do país.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter e Instagram. Assim você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos etc.

Imagem: rafastockbr / Shutterstock

Sobre o Autor

Eduardo Mendes

Cofundador

Sou um entusiasta da tecnologia, que também aprecia inovação, empreendedorismo, além de Fintechs e as suas facilidades. Graduado em Administração de Empresas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. CoFundador do site Seu Crédito Digital.

Ver todos os artigos