Em entrevista à Globo News ontem (16), durante a 54ª Cúpula de Chefes de Estado do Mercosul, o ministro da Economia Paulo Guedes fez uma previsão. Ele estima que sejam liberados R$ 63 bilhões na economia do país. O valor, contempla a liberação de R$ 42 bilhões com os saques do FGTS ativos e inativos e R$ 21 bilhões do PIS-Pasep. O governo pode anunciar as regras ainda nesta semana.

É provável que você também goste:

Anúncio sobre saques do FGTS ativo e inativo fica para a próxima semana

Financiamento imobiliário: Caixa pretende baixar para 6% ao ano a taxa de juros

Bolsonaro promete anunciar medida com liberação do FGTS nesta semana

Saques do FGTS e PIS-Pasep podem liberar R$ 63 bilhões na economia, diz Paulo Guedes

Guedes afirmou que, com a aprovação da reforma da Previdência na Câmara em primeiro turno, o governo prepara-se para anunciar as medidas de estímulo à economia do Brasil.

Em maio deste ano, Paulo Guedes já havia afirmado que o governo estudava a liberação dos recursos dos trabalhadores depositados tanto nas contas ativas quanto nas inativas do FGTS logo após a aprovação das reformas.

Ele também disse que a área econômica estava avaliando a liberação do abono salarial PIS-Pasep. Ou seja, para injetar dinheiro e movimentar a economia. O PIS é um abono pago aos trabalhadores da iniciativa privada pela Caixa Econômica Federal. Enquanto que o Pasep é pago somente para servidores públicos por meio do Banco do Brasil.

Enfim, gostou da notícia?

Então, siga Seu Crédito Digital no Google News. Receba notícias sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, empréstimos e tudo relacionado ao assunto de fintechs.