O Conselho Curador do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) , na terça-feira (11), aprovou a distribuição de R$ 7,5 bilhões nas contas do trabalhadores. Esse valor vem de parte do lucro obtido do fundo em 2019.

É provável que você também goste:

Empréstimo do Nubank permite o 1º pagamento em até 90 dias e até 24 meses pra pagar.

Credicard Beta: evolução do Credicard Zero já conta com mais de 7 mil clientes e está prestes a ser lançado

SPC/Serasa e Boa Vista são obrigados a retirar negativação após 5 anos?

Trabalhadores vão receber R$ 7,5 bilhões de lucros do FGTS neste mês

Fazendo esse repasse, a rentabilidade total das contas do FGTS no ano passado alcança 4,90%, o que faz superar o rendimento da poupança, que ficou em 4,26%, e índices de inflação, com IPCA em 4,31% no período.

No entanto, a distribuição será menor do que o valor observado na rodada anterior. No ano passado, após editar medida provisória para permitir o repasse de 100% dos resultados do fundo aos trabalhadores, o presidente Bolsonaro vetou o dispositivo. Sendo assim, passou a valer a regra que determina a distribuição de “parte dos resultados” ao trabalhador.

Em 2019, o lucro do FGTS ficou em R$ 11,3 bilhões, conforme as contas aprovadas pelo conselho, na terça-feira. Mas foi definida a distribuição de R$ 7,5 bilhões aos cotistas.

Como receber?

O valor será creditado nas contas vinculadas aos trabalhadores até 31 de agosto. Além disso, os trabalhadores terão direito a receber caso registrem saldo positivo no dia 31 de dezembro de 2019.

Por fim, o Ministério da Economia informou que o valor foi definido com o objetivo de preservar parte do resultado. Ou seja, como uma reserva para eventuais necessidades de distribuição de recursos do FGTS futuramente.

“Esse valor mantém uma rendabilidade interessante e mantém a estabilidade do fundo”, disse o diretor do Departamento de Gestão de Fundos do Ministério da Economia, Gustavo Alves Tillmann.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Imagem destacada: Brenda Rocha/shutterstock.

Sobre o Autor

Luiz Felipe Kessler

Cofundador

Entusiasta de fintechs e tudo o que a tecnologia proporciona de facilidades em nossas vidas. Graduado em Administração de Empresas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. CoFundador do site Seu Crédito Digital.

Ver todos os artigos